segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Bad Luck Brian se dá bem...

Sem dúvida você conhece o nosso amigo, o Bad Luck Brian, um dos personagens de memes mais engraçados da atualidade, que sempre se fode das piores maneiras possíveis e imagináveis.


Ele já passou pelos mais piores maus bocados... Ele se afogou quando foi batizado, ganhou passagens de graça para andar no Titanic, baixou uma música na Internet e foi preso, tentou convidar a garota mais feia pra sair e foi rejeitado, foi depilar o saco e castrou a si mesmo, tirou o pendrive sem remover com segurança e corrompeu todos os dados, e foi expulso da escola por plágio após ter copiado uma frase da Wikipedia. E isso tudo só numa terça-feira. Realmente o Brian é um fudido.

Até agora... 


Sim, essa foto, que veio do site Meme Hunters, traz o nosso amigo Brian, logicamente um pouco mais velho que a foto de colégio que ficou famosa, juntamente com quatro beldades sensacionais. Tudo bem que ele teve que ficar deitado no chão e foi provavelmente preso por assédio sexual só por estar perto delas, mas mesmo assim ele se deu bem.

O mais engraçado é o seguinte: essa foto foi feita pelo site que indiquei acima, aparentemente mantido pela garota mais da direita, chamada Carolyn Murdock, que aparentemente nas horas vagas fica à caça das pessoas por trás dos memes que nos fazem rir quando damos aquela olhadinha descompromissada no 9gag depois do almoço no trabalho.

Sim, caçadora de memes. E de fato as outras três beldades que estão ali com o nosso amigo Brian são também conhecidas pelas piadinhas visuais que se tornaram febre.Você conseguiu descobrir quem são elas?


A primeira da esquerda é a Good Girl Gina, que representa a menina gentil e educada, que sempre faz coisas boas pelas pessoas ou pelo seu namorado, na prática a versão feminina do Good Guy Greg.


Apenas por curiosidade, seu nome verdadeiro é Emma Katherine, e ela já apareceu em diversos lugares, deve trabalhar mesmo como modelo, gravando fotos genéricas que são usadas para ilustrar produtos e serviços.


A segunda, a única que se arrisca a tocar no Bad Luck Brian, certamente é bem conhecida. É a lunática da Overly Attached Girlfriend, ou seja, a namorada grudenta que não larga do seu namorado, que é capaz das loucuras de amor mais absurdas para ficar junto com sua paixão.


A americana Laina Walker é que personifica a maluca, e inclusive leva tudo muito na brincadeira, inclusive representando a sua personagem neurótica, rolou até um vídeo onde ela se encontrava com o Bad Luck Brian! E quando não faz essa cara demoníaca, até que é bonitinha. 


E a terceira, segurando o caderno, é a Sheltered College Freshman, que seria a caloura da universidade, que sempre viveu protegida pela família e se depara na vida estudantil com questões de duplo sentido, se é que você me entende.


A mais bonitinha na minha opinião, ela é inclusive colombiana, chamada Kerin Portillo, e como a Good Girl Gina ela é modelo, posando para várias fotos que são usadas pelo mundo todo. A diferença é que ela tem um corpaço!

 

Uau, que close das cucarachas dela!

Realmente, o Brian se deu bem, pelo menos uma vez na vida... Está melhor do que eu, esse filho da puta.

domingo, 29 de setembro de 2013

Edição de praia da Marvel

Eu sou um texugo que sempre gostou de histórias em quadrinhos, você já deve ter acompanhado por aqui no site que volta e meia aparece um post sobre isso. E já deixei bem claro ser um grande fã dos super-heróis da Marvel, muito mais que os da DC. Sempre gostei dos X-Men, via o Homem-Aranha como um herói interessante, bem mais humano, e depois dos filmes do Quarteto Fantástico até cheguei a dar uma olhada nas histórias deles por alto. E juro que não foi por causa da Jessica Alba ter interpretado a Mulher Invisível!

Tá bom, nem eu acreditei nesse meu comentário...

Acontece que a Marvel conseguiu uma grande proeza de criar obras de arte das mais estúpidas que a gente pode imaginar. Você se lembra de quando falei do livro de receitas e do livro de exercícios, não lembra? Se não viu, sugiro dar uma passada lá para ver. Simplesmente ridículo mesmo. E a Marvel conseguiu mostrar que pode descer ainda mais baixo. Estou me referindo à uma série de especiais, entitulados Marvel Swimsuit Specials.

Sim, estamos falando de uma revista que traz os heróis e heroínas de Stan Lee em trajes de banho.

Trata-se de uma revista mais recente que os outros livros citados acima, que teve 5 edições anuais lá no início dos anos 90, certamente pegando uma carona na idéia de uma edição semelhante da revista Sports Illustrated. Sim, uma revista de esportes que é mais conhecida pelo especial onde têm modelos de tirar o fôlego em trajes sumários, para o deleite dos meladores de c... digo, fãs de esporte.


Como é que aquela bicha do Cristiano Ronaldo pega essa mulher?

Enfim, voltando ao tópico... Até que essa idéia não parecia ser tão ruim mesmo. Seria a oportunidade de ver algumas das heroínas da Marvel em trajes mínimos, exibindo os seus corpos incrivelmente (e absurdamente) atléticos para os leitores tarados. Como a sempre bela Psylocke, aqui com uma roupa de mergulho interessante...


Embora não seja tão menos roupa do que seu uniforme original. E nunca entendi porque sempre a desenharam com essa pele demasiadamente amarelada, como se ela estivesse com hepatite. Se tiver aqui algum defensor dos Direitos Humanos, certamente já deve estar acusando o Stan Lee de racista...

Mas me lembrei que para essa turma, racismo é só contra o negro... Continuando.

Somos apresentados a modelitos bem interessantes, como por exemplo a Viúva Negra... Putz, agora imagina se colocarmos a Scarlett Johansson com os mesmos trajes da foto abaixo.


Ou que tal a filha de Magneto, a Feiticeira Escarlate, toda meiga e cheia de segundas intenções, louca para uma diversão proibida para menores?


Ah, as ruivas da Marvel... Difícil resistir...

Mas também tem outras que decepcionam. Por exemplo, Emma Frost já chegou a usar roupas mais sensuais nos quadrinhos convencionais, com aquele visual dominatrix de deixar qualquer marmanjo de queixo caído, mas aqui ela aparece com um biquini simples. Como o filme, poderia ter sido melhor.


Tá, para melhorar um pouco, vamos trazer mais uma da Psylocke, minha preferida. Com ela, não tem erro...


Cacetada... Muito sensual essa foto...

Há espaço para momentos um pouco mais, digamos... meigos. Sabemos que no universo Marvel há vários casais, e essas demonstrações de afeto ficam presentes nas páginas da edições como por exemplo quando Jean Grey e Cyclops, os eternos amantes dos X-Men, aparecem juntos, mas com uma mão boba de Scott chegando lá nos Países Baixos da ruivinha. Aliás uma mão boba extremamente desproporcional, daria para ele envolver toda a coxa de Jean...


... ou na diversão em família de Mercúrio, Cristal e sua filhinha. Um dos poucos momentos onde Mercúrio não é um tremendo dum filho da puta desbocado e nervoso.


Também temos espaço para as piadinhas inocentes, como por exemplo nessa imagem de tirar o fôlego, onde Elektra, outra personagem que como a Emma Frost já usa um uniforme bem revelador (e que da mesma forma foi interpretada por uma atriz que não fez jus à sensualidade da heroína), faz uma pose de modelo de revista, enquanto que lá no fundo Matt Murdock, mais conhecido como o Demolidor, a observa.


Mas peraí! Como assim? O Demolidor é cego, pôrra! Sei... cego... Imagina só quantas vezes ele deve ter mandado essa de "sou cego" ao entrar sem querer no vestiário feminino...

Ou quando temos uma dupla de karaokê formada pelo X-Men irlandês Banshee e sua filha (diga-se de passagem, sensacionalmente gata) Syrin. Pela expressão da Dra. Moira MacTaggert, os berros deles devem ser bem desagradáveis, ou então eles estão fazendo um dueto de uma música do Jorge Vercilo.


Cabem até piadas mais... sacanas, por assim dizer. Por exemplo, se você ampliar a imagem abaixo onde temos Mary Jane, a namorada do Homem-Aranha, com um biquini revelador, juntamente com a velhota tia dele e sua roupa de praia da década de 20, onde na caixa de texto o narrador diz algo como "tudo que posso dizer, que dupla adorável."


Sabemos muito bem a dupla de quê ele se refere...

E posso dizer que é até meio engraçado como em algumas edições eles colocaram propagandas com os super-heróis. Por exemplo, em uma edição chamaram o Thor para falar a respeito de um aparelho de barba com direito a foto do antes e depois, que deixa a pele dele lisinha como a bunda de um bebê.

.

Tudo como manda o figurino, com a foto do Antes com Thor com a cara emburrada, e a foto do Depois onde ele sorri abertamente, dando a impressão que o cara é mais feliz quando não tem barba

Ou que tal ver Mercúrio fazer uma propaganda de tênis de corrida?


Mas ainda resta espaço para algumas idéias meio absurdas e cretinas. Por exemplo, o biquini invisível da Mulher Invisível...


Entendeu a jogada? Ela na verdade está como veio ao mundo, mas conseguiu estrategicamente tornar as partes íntimas invisíveis. Interessante... Mas não deve ser muito higiênico na minha opinião, afinal de contas pelo que entendo roupa de banho serve também como forma de proteção para certas sujeiras comuns na praia. Se bem que, dar um abraço em Sue Storm seria algo bem mais agradável, sem nenhuma peça de roupa no caminho...

Ainda bem que o Reed Richards não ouviu eu falando sacanagens sobre sua esposa, ou levaria um tapa de borracha na minha cara.

Essa outra é curiosa... Temos a Vespa, uma das integrantes dos Vingadores, fazendo uma pose de malandra...


Pense comigo agora... A Vespa é uma mulher pequenininha, certo? Você percebeu que ela parece estar sobre um objeto roliço metálico, uma textura familiar para aqueles que acompanham os X-Men...

...

...

...

Cara, pela madrugada! Espero muito que aquilo seja o dedo do Colossus!

A série desenterra também alguns personagens da Marvel mais desconhecidos. Por exemplo, naquele post do livro de culinária comentei a respeito do Howard, o Pato, lembram? Aqui ele está de volta, mostrando que não passa mesmo de uma cópia descarada do Pato Donald que fuma charuto e anda com as gatinhas. Pelo menos o Howard usa calças...


Sem dúvida tem umas cenas curiosas, como esta daqui. Apenas uma disputa animada e fraterna de cabo de guerra entre vários heróis, dando um destaque negativo para a grande quantidade de personagens sem camisa do sexo masculino, o que dá mesmo a impressão de ser uma mega suruba homo-erótica na beira do rio...


Agora, quer coisa mais estúpida do que o Homem de Ferro, vestindo toda a sua armadura, e colocando um calção por cima? Puta merda, pior que o Super-Homem que bota a cueca por cima da calça.

Ou então essa festa na praia dos X-Men, onde toda a rapaziada está lá excitada, levando as garotas em cima de uma prancha. Menos Wolverine, que parece meio puto com a idéia de aparecer em uma revista muito escrota de edição de praia, e fica ali fumando o seu charuto e lendo o Meia Hora. Pôrra, Logan! Nem dar uma espiada na Psylocke e seu über decote?


Detalhe que na verdade quem segura a prancha sozinho é o Colussus, enquanto que o Cyclops paga um mico homérico ao ser o único homem num raio de quinhentos quilômetros a usar um maiô, juntamente Gambit que parece uma bicha louca com uma sunguinha azul e rosa fosforescente e essa pose de "ui, cheguei!". 

O mais revoltante é que os criadores da revista vieram a colocar ainda alguns dos super-heróis homens na revista. Puta merda, isso é pra estragar total mesmo, parece que os caras se esquecem que 98% do público leitor de revistas em quadrinhos de super-heróis é composto por meninos, que certamente iriam vomitar todas as suas tripas ao virar as páginas e dar de cara com o Justiceiro, fazendo pose de propaganda de cueca e segurando uma bola de praia, usando uma sunga em formato de caveira. Tudo isso enquanto um bando de monstros genéricos cai na porrada, para decidir quem não vai fazer parte do time do caveira.


Não, meu Deus... Agora que percebi os coracõezinhos, e o lacinho na cabeça do bicho à esquerda... Na verdade são monstrinhas que parecem desesperadas para pegar no osso do Justiceiro. Cacetada!

O pior é que isso acaba com a reputação de vários heróis, antes vistos como exemplos de macheza, sujeitos que não levam desaforo pra casa e enchem os vilões de porrada. Como nessa imagem, onde colocaram o Wolverine, o Coisa, o Fera e o Hulk, aparentemente fazendo um desfile de trajes de banho. Dá para perceber que somente o pedregulho se sente desconfortável com a situação, enquanto que Wolverine e Fera parecem um a cópia do outro, com direito a pose gay de mãozinha da cintura e bunda arrebitada.


Sério, Wolverine... Caiu no meu conceito depois dessa... Só por que você é um dos heróis mais maneiros da Marvel, vou te dar um desconto e te colocar junto com a Mariko, aquela japonesa em quem você deu uns pegas, e que com esse corpo aí não tem nada de japonesa. Só não precisava bancar o mordomo, ainda mais com esse tapa-olho ridículo e toalhinha enrolada na cintura...


Sem falar de idéias meio escrotas... Você viu que tinha o caso da Sue Storm, com o seu biquini invisível. Decidiram fazer algo parecido com o Motoqueiro Fantasma...


Apesar de sabermos que na prática ele está peladão na areia com aquela postura de "I'm so sexy and I know it", devemos agradecer pelo fato de que ele é um esqueleto ambulante, logo a foto acima mais parece uma fogueira. Não tão traumático quanto isso...


Puta merda, que viadagem é essa, Namor? Puta que pariu, que coisa grotesca, o cara botou uma concha pra cobrir o seu bilau, que bichona! Sem falar que essa água está com um aspecto meio estranho... Que seja água, por favor...

Outro que fuderam a reputação foi o Colossus. Sempre achei o homem metálico dos X-Men um personagem legal pra caramba, com uma história interessante e de quebra ainda chegou a pegar a gatinha da Kitty Pride. E aí me vem e colocam ele com sunga de oncinha, caralho! Se não bastasse isso, recentemente o transformaram em homossexual...



Precisamos de um refresco... Já que estávamos falando de um russo, que venha a Viúva Negra de novo.


Bem melhor, né?

O mais engraçado de tudo é ver uma das sessões de cartas. Eu imaginava que quadrinhos de super-heróis fossem mais lidos por garotos, mas pelo que parece existe sim um público feminino que curte as histórias dos heróis da Marvel. Se bem que pelo tom da cara abaixo, temos é uma fã histérica que estava louca para ver o Thor peladão! 


Ainda bem que os criadores dessas edições mantiveram um pouco de bom senso, e não atenderam a essa leitora no cio, louca para ver o asgardiano segurando o seu martelo... Pouca vergonha, não é mesmo? Sem falar que o Thor parece que não é muito chegado na mulherada, ainda mais com esse capacete de asinhas.


Essa aqui eu coloquei pois achei meio bizarra, trazendo Cable, outro dos meus heróis favoritos, com o seu visual Terminator e uma história interessante. Mas aqui ele vem fazendo sei lá o quê, carregando nas suas costas um arsenal que inclui um míssil balístico, um estilignue e o hoverboard do Marty McFly , não sei se é uma propaganda sobre ziper...


Mas não consigo entender essa imagem... Puta merda, fizeram o cara totalmente deformado, mais desproporcional do que não sei o quê! Olha só a perna dele, parace um boi! Sem falar na cabeça miúda, que mais parece uma espinha. E dando uma olhada mais de perto, ainda fizeram um lacinho no cabelo dele.

Me lembrei de um desenho clássico com essa...

"Fiquei com uma cabecinha de nada!"

Parou por aí, o pessoal consegue mesmo descer ao limiar do ridículo! Vamos colocar como saideira a sempre sensacional Psylocke para salvar o dia...



Minha nossa! Essa daí está inacreditável! Psylocke com um biquini bem revelador, fazendo uma pose sensual, juntando bem os seus seios e com essa expressão nos olhos que diz com todas as sílabas "me possua agora!"... Mmmmm...

...

...

...

Sério... Estou com problemas mesmo, quase perdendo o controle por uma personagem de revista em quadrinhos...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Criança Esperança é o c...

Tem coisas que acontecem todo ano, não importa o que esteja acontecendo, em uma mesma época temos algum evento ou acontecimento que se repete de maneira perpétua. Seja o Carnaval, a premiação do Oscar, a final do Brasileirão, o show do Roberto Carlos no fim de ano com as mesmas músicas "inéditas", são coisas que temos toda a certeza de que vão acontecer. E outra delas que está chegando cada vez mais perto é o Criança Esperança...


Desde que me entendo como gente, a Rede Globo tem essa iniciativa em parceria com a UNESCO, que não se resume ao ponto alto que costuma ser um show em meados de outubro, mas que vem acompanhado de pedidos insistentes de doações antes e depois desse show, estreladas por personalidades de momento, atletas e artistas da Globo, normalmente junto com aquelas imagens tocantes, como a criancinha pobre olhando para a câmera. Doações essas que são (teoricamente) direcionadas para obras de caridade, hospitais infantis e outros estabelecimentos que precisam de ajuda urgente.


Olha... Longe de mim querer parecer insensível... Mas, Criança Esperança é o caralho! Pode me chamar do que for, mas eu não dou um centavo pra essa merda! É uma enganação sem vergonha, uma pilantragem de uma rede de televisão manipuladora, interessada somente em si mesma, que promove lavagem cerebral de seus telespectadores. 

Pra começo de conversa, tem toda essa questão da doação. Por mais que a pessoa seja altruísta, normalmente doações a entidades de caridade proporcionam também um certo ganho para o doador, associado a um abatimento na hora do Imposto de Renda. Só que no caso de uma doação ao Criança Esperança, você não pode colocar lá como doação, sabe por quê? Porque Criança Esperança não é instituição de caridade, é praticamente um programa de televisão. É como se você quisesse uma dedução por ter votado no American Idol.


Bom, segundo a Globo, o dinheiro das doações cai diretamente em uma conta da UNESCO, sem passar pela emissora. E mesmo que passasse, como a UNESCO é uma instituição internacional, a Globo diz que ninguém, seja o telespectador ou a emissora, pode colocar tal doação no Imposto de Renda, só doações para instituições nacionais são dedutíveis do imposto de renda. Inclusive rolou algum tempo atrás um daqueles e-mails acusando a Rede Globo de pegar esse dinheiro todo que é recebido pelo Criança Esperança, e usando ele como doação na declaração de imposto, para conseguir um abatimento milionário, o que foi prontamente rebatido pela Globo com a explicação acima.

Tudo bem, tem mesmo essa questão de doações para entidades internacionais... Mas em se tratando de uma emissora sem-vergonha e manipuladora, eu sempre fico com um pé atrás, não acredito que a Globo seja tão boazinha a ponto de fazer todo esse esforço para ajudar sem ganhar nada em troca. Mesmo vendo que de fato existem obras e outras atividades onde vemos esse dinheiro é investido, não duvido que alguma parte desse dinheiro deve estar indo para seus cofres... Talvez não o que chega via doações de telespectadores, mas certamente deve ter grana chegando de outros cantos, e tenho a certeza de que a Globo deve deixar que parte desse dinheiro escorregue para seus bolsos.

Nessa hora podem aparecer algumas pessoas aqui, dizendo que eu não tenho sentimentos, que mesmo tudo isso não justifica não ajudar as pobres criancinhas...


Pode pensar o que for, mas eu realmente não acho que seja o povo quem tenha que ajudar. Por mais insensível que possa parecer, essa é minha opinião. Vivemos em um país de merda, onde a educação é decadente e a saúde é uma piada, graças ao nosso governo sem-vergonha, embora a nossa "presidenta" ache que tudo está a mil maravilhas. O Estado deveria ser responsável por garantir essas condições minimamente humanas para a sua população, deveria investir pesado para garantir uma melhor situação da saúde, evitando assim problemas e doenças graves que afetam não só as crianças, mas pessoas de todas as idades, muitas doenças que já são consideradas erradicadas em países desenvolvidos. O Estado é quem deveria se preocupar em construir escolas de qualidade, logicamente dando também melhores condições para que os professores possam desempenhar bem o seu papel, ajudando assim a educar bem as crianças de forma a que se tornem no futuro cidadãos de bem.

Não é responsabilidade minha, sua, ou da sociedade ter que ajudar a melhorar essas condições. Não é mesmo. É responsabilidade dos governos, seja federal, estadual ou municipal. Não é o povo quem tem que fazer um sacrifício em dedicar parte de sua renda para ajudar essas crianças; é o Estado que tem que organizar as suas prioridades, deixando programas desnecessários com interesse meramente político ou ideológico e abrindo mão de suas exageradas regalias, de seus luxos desmerecidos, para melhorar a situação em que muitas dessas crianças vivem hoje, para atender a necessidade do povo que os colocou no poder. Dinheiro o Governo tem, só precisa deixar de roubar e usar para coisas que realmente importam.


Eu não estou dizendo que as pessoas não devam ajudar com doações. Só acho que uma doação deveria ser algo auxiliar, algo que a pessoa faz para ajudar um determinado grupo, como um apoio complementar a um trabalho que estaria sendo feito pelas autoridades. Diria até mesmo (sei que vou ser xingado por isso) que a doação também acaba sendo para muitas pessoas uma forma de se sentir bem, de ter aquela sensação de que está ajudando alguém. Mas o que não pode acontecer é nos esquecermos de quem tem a verdadeira responsabilidade por melhorar a vida dessas crianças, doações da população não podem ser vistas como a única forma de combater todos esses problemas que as afligem. O povo não pode se sentir obrigado a doar para essas campanhas, uma pessoa não pode ser hostilizada ou criticada se ela se recusa a ligar para o Renato Aragão e mandar uns trocados para o Criança Esperança. Já perdi a conta de quantos colegas me criticam, me chamam de desalmado e insensível por não doar dinheiro para essas instituições.

O mais chato de tudo é como os autores dessas campanhas e organizadores de instituições de caridade fazem um uso pesado de propaganda emocional para convencer as pessoas a ajudarem. É só ver as propagandas do Criança Esperança ou um dos envelopes que o Unicef manda para todo mundo, tipicamente colocando a foto em close de uma criancinha, ou com um sorriso sem dentes ou com aquele olhar do Gato de Botas do Shrek, acompanhada de uma frase tocante como "O Pedrinho veio pedir a sua ajuda" ou "Escute o que a Mariazinha tem pra dizer".


Sério, acho maldade isso. Vai na linha das propagandas para fisgar otário, tipo "duzentas vezes sem juros nas Casas Bahia", "por um preço especial na Polishop" ou "é só R$ 1,99 por mês". Só que aqui apelando para o coração mole das pessoas, que vão se sensibilizar ao ver a foto da pobre criancinha numa correspondência ou anúncio de TV. Acontece muito com senhoras de idade, fazendo com que elas gastem o pouco dinheiro que elas têm para mandar para uma ONG, muitas vezes sem a certeza de sua idoneidade. É covardia apelar para tática tão baixa. Eu não caio nessa, volta e meia chegam aqui essas cartas do Unicef, sequer abro, vai direto pra lata do lixo.

Sim pode me chamar de insensível. Mas repito, não é obrigação do povo ajudar. Quem quiser ajudar, ótimo. Mas respeitem quem não quer ajudar, não tentem fazer essa pessoa se sentir mal, como se ela fosse a vilã responsável pelo sofrimento dos menos afortunados.    

Outro ponto que eu destaco também é a grande hipocrisia, vindo por parte tanto da parcela da população que é a favor desse apoio como também por organizações que motivam essas campanhas, como é o caso da Rede Globo. Digo isso pois essas pessoas acabam na prática não adotando essa postura fraterna e altruísta com todos, só ajudam aquelas instituições que gostam mais ou por cuja causa tem mais apreciação. Por exemplo, conheço pessoas que empinam o nariz e estufam o peito para dizerem que ajudam instituições que protegem crianças, mas não gastam um centavo para ajudar uma casa de idosos ou asilo, e vice-versa. Sem falar aqueles que fazem isso por modinha: deve ter muito panariço agora que vai fazer doação pro Criança Esperança só pra chegar depois e postar no "Faice", bobeando lá no site dos caras deve ter um botão para compartilhar nas redes sociais após se fazer uma doação. Um bando de babaquinha louco pra aparecer, que vai ficar dizendo pra todos que ajudou com a campanha da Globo, mas se um menor abandonado pedir um dinheiro para comprar um pão vão ignorá-lo.

Sem falar a hipocrisia da Rede Globo, que tem rios de dinheiro e em vez de ajudar vem pedir que o povo seja solidário e doe pro Criança Esperança. É muita falta de vergonha na cara essa emissora escrota pedir essa ajuda e ao mesmo tempo me chegar e oferecer anualmente uma cifra da ordem de um milhão de reais para o vencedor de um programa supérfluo e estúpido como o Big Brother, com um monte de desocupados e vagabundas não fazendo pôrra nenhuma a não ser festas e putaria. É muita cara de pau dessa rede de televisão convencer seus espectadores de meterem a mão não carteira pra ajudar criancinhas enquanto  inventa um quadro no seu programa dominical oferecendo um prêmio de seis milhões para o Ronaldo Fofômeno para ajudá-lo a perder peso, um pegador de traveco que tem grana pra fazer lipo até do cotovelo.


É uma vergonha, devem achar que nós temos cara de babaca mesmo... Desperdiça rios de dinheiro com essas bostas e depois tem a pachorra de pedir dinheiro pro povo pra ajudar as criancinhas. É tão cara de pau essa postura da Rede Bobo que vou até desenterrar aqui o índio e agraciar a emissora com o já quase esquecido "Prêmio Óleo de Peroba".