domingo, 28 de maio de 2017

Brasília Pegando Fogo

Eu estava fazendo uma postagem sobre a "Greve Geral", aquela tentativa fracassada dos sindicatos, funcionários públicos e partidos de esquerda de parar o país na suposta intenção de defender o povo, mas que na verdade tinha um objetivo de defender as suas regalias e direitos. Nessa postagem, ia comparar essa manifestação com a Marcha Contra a Corrupção, para mostrar como que existem evidentes diferenças entre os dois atos... 

Mas, a política aqui do Brasil está passando por um de seus momentos mais delicados. Muita coisa acontecendo, nem consegui parar para falar do depoimento do Lula, mas não faltarão oportunidades, pois ele está sendo acusado em um monte de processos. E nesses últimos dias o que tivemos foi a revelação da delação premiada do tal do Joesley Batista, um dos donos do grupo JBS (leia-se Friboi e demais marcas de frigoríficos), que incluiu uma série de acusações sobre o envolvimento do Michel Temer e do Aécio Neves em ações corruptas, incluindo aí até mesmo gravações de conversas com o atual presidente e vídeos mostrando o pagamento de propina para um parça do senador tucano.


Pronto... Foi o suficiente para explodir o país mais uma vez...

Logicamente que a reação mais imediata e explosiva foi dos esquerdotários. Poucas horas depois da divulgação, já apareceu nego pedindo o impeachment do Temer. Os vermelhos começaram a berrar que tinha que derrubar o governo "golpista", no dia seguinte vagabundo já estava indo na rua protestar, motivados pelos sindicatos e partidos de esquerda. Ao longo dos dias que se seguiram, tivemos várias demonstrações raivosas da turminha do martelo e da foice, indo desde os babacas das redes sociais que ainda acreditam que Lula pensa nos pobres até senadores que protagonizaram uma cena simplesmente ridícula, de partir pra porrada e tumultuar uma sessão sobre a reforma trabalhista após uma votação em que perderam...

Realmente, é muito satisfatório ver como que o PT, que há anos atrás dizia que seus adversários políticos tinham que aceitar o resultado de uma votação, acha perfeitamente natural contestar na base da violência uma votação no Senado em que eles não ganharam. E viva a democracia!


Engraçado é ver como quando tem algum assunto desse no Senado, sempre tem algum fuzuê, e sempre esse trio petista está no meio da confusão: Gleisy Hoffman, a "narizinho", Lindbergh Farias, o "lindinho" e Fátima Bezerra, a "tia do café".

Não quero me alongar muito aqui na discussão política, até porque as coisas estão cada vez mais dinâmicas, a cada dia surgem novas coisas que começam a mudar os rumos das investigações e das notícias. Mas, todo esse episódio inflamado pela delação da JBS me faz refletir sobre alguns aspectos bem curiosos, três deles que me chamaram mais a atenção aqui neste momento.

Pra começar, a notícia da delação foi vazada na imprensa pelo Globo. Antes mesmo da delação ter sido homologada pelo STF o jornal já teve acesso a todas as informações, e as divulgou de forma extremamente apressada. Sei que no meio jornalístico existe a busca constante pelo furo de reportagem, para largar na frente da concorrência... Mas mesmo assim eu achei que o Globo foi rápido demais, principalmente pelo fato de ter divulgado a notícia de uma forma inconsequente, como se afirmasse que nas gravações o Temer estivesse dando apoio para que o Joesley pagasse uma mesada pra deixar o Eduardo Cunha calado. E parece que dando outra coisa também...


Tá vendo? Toda essa pressa e botaram o estagiário pra escrever a notícia, aí dá essas merdas!

Ou, sei lá o que o Temer curte fazer com a Marcela na intimidade do quarto, vai que ele curte fio-terra... Embora eu honestamente penso em coisas mais interessantes pra se fazer do que levar na porta dos fundos, se eu fosse casado com uma mulher como ela.


Enfim, foi o estopim para a revolta. E depois vimos que nas gravações não fica tão evidente essa história, além do fato de que o áudio tem fortes evidências que foi adulterado de forma intensiva.

Neste momento, eu imagino que o eventual leitor petista vai começar os xingamentos, dizendo que eu estou defendendo o Temer, que eu defendo a corrupção e etc. Não estou defendendo o presidente, eu não tenho dúvidas de que ele está envolvido até o pescoço em um monte de falcatruas, e sendo provado que ele fez isso, tem que ser punido sim, tem que ser preso. Da mesma que o Aécio. Da mesma forma que o Renan. Da mesma forma que o Mercadante (alguém se lembra dele?). Da mesma forma que a Dilma. E da mesma forma que o Lula.

Ah, petista... e se você começar aí com essa baboseira de que o Lula é inocente, me resumo a responder dessa forma.


Mas, aproveito para perguntar para os petistas que vierem aqui me encher o saco. O que eu quero comentar é o seguinte aqui: a denúncia contra o Temer foi divulgada pelo Globo. O mesmo Globo que o PT e a esquerda sempre acusa de ser golpista... O mesmo Globo que os vermelhos tanto odeiam, que acusam de praticar jornalismo baseado em mentiras, que não tem credibilidade e tenta manipular as massas de acordo com os interesses da elite...

Se é um jornal assim que os petralhas odeiam tanto... Por que aplaudir e acreditar em uma notícia divulgada por um meio de comunicação que eles consideram golpista?


Ou será que eles vão adotar a postura hipócrita de sempre, de mudar repentinamente e de forma excepcional a sua opinião, quando isso lhes interessa? Divulgar denúncia sobre a Dilma ou o Lula, não pode; mas quando é do Temer, aí é uma maravilha, é o melhor jornal do mundo?

Seguindo com a hipocrisia petralhotária que eu sempre adoro discutir, o segundo ponto importante a ser visto tem a ver com os valores de propina que a JBS deu para os políticos. Tão logo a notícia se espalhou, além das acusações contra o Temer surgiu o tal vídeo em que um deputado amigo do Aécio Neves estava pegando mochilas cheias de dinheiro, em uma ação que foi toda orquestrada com o apoio da Polícia Federal, envolvendo câmeras escondidas e escutas. A pancada foi tanta que o tucano largou a presidência do partido, e muito provavelmente teve a sua carreira política destroçada de vez, não deve conseguir nem ser eleito síndico de prédio.

Acho que resta a ele comprar uma carreira nova...


Mas... Aí nos dias seguintes começaram a surgir os vídeos da delação do Joesley. Começaram a aparecer alguns números e nomes, e podemos ver que Temer e Aécio não foram os únicos. Na verdade, praticamente todos os políticos receberam algum tipo de dinheiro da JBS, alguns mais e outros menos. E nessa lista podemos encontrar muitas figurinhas que adoram posar com a estrelinha vermelha no peito e dizer que defendem o povo.

Olhando os números, vemos que Temer recebeu cerca de 15 milhões, e Aécio 65 milhões. Muita grana, sem dúvida nenhuma, e que na minha opinião resultaria em uma punição severa contra esses sujeitos. Mas, não podemos nos esquecer de outros. Nessa hora vemos que, somados, Temer e Aécio não chegam aos 30 milhões de dólares que a "mulher mais honesta do Brasil" faturou. Repito, dólares. Fazendo uma continha conservadora em que um Trump tá R$3,20, isso seria cerca de 96 milhões de reais. Continuando, vemos que o "Nine" recebeu 50 milhões de dólares (daria mais de 150 milhões de reais). E pra completar, Antonio Palocci, o "italiano", recebeu a singela contribuição de 320 milhões de reais, muito disso destinado à campanha de 2010 da Dilma.

Recorri até ao Excel pra fazer um gráfico da propina. Deixei os políticos do PT em vermelho, os do PSDB em azul e os do PMDB em laranja, incluindo alguns dos nomes mais conhecidos e que receberam mais dinheiro. Se ficar ruim de ver, clique pra ampliar.


Que coisa, não? Quer dizer então que os que mais faturaram com a JBS são do PT?

Legal, e como fica agora? A petralhada estava toda ouriçada, de uma hora pra outra aqueles que antes diziam que delação era algo errado, que não devia ser levado em consideração, começaram a pedir por justiça quando divulgaram os nomes do Aécio e do Temer, e logo depois enfiaram o galho dentro quando foi divulgado que a maior parte das propinas foi para os figurões do PT. Agora, vão dizer que o Joesley está mentindo, veja bem, não é bem assim, sabe como é...

Ou vai aparecer até acéfalos, dizendo que somente a parte da delação que incrimina o Temer é verdadeira, e o que fala do Lula é mentira... Talvez até apareça alguém dizendo que os 160 milhões do Lula é bem menos que os 15 milhões do Temer. Afinal de contas, petista que não sabe fazer conta não deve ser algo muito raro...


Vale ressaltar que a JBS era um mero nada há alguns anos atrás, e foi justamente durante a gestão de Lula e Dilma que o frigorífico se tornou o maior produtor de carne do mundo, com um forte apoio do BNDES. Assim, não haveria dúvidas de que o PT estava por trás de tudo isso e que ia ter ganho uma boa bolada com isso...

Por fim, eu questiono aqui sobre o próprio delator em si. Os irmãos Batista fizeram uma delação premiada, que foi sem dúvida demasiadamente premiada, diga-se de passagem. Pois, afinal de contas, eles não passaram um minuto sequer na cadeia, nem tornozeleira eletrônica rolou pra eles. Até o momento, se recusaram a devolver um centavo sequer em um acordo de leniência, nem um puto das dezenas de bilhões de faturamento da empresa. E pra completar, lhes foi conferido o direito de sair do Brasil.

Ou seja... Joesley participou de um dos maiores esquemas de corrupção do país, talvez até maior que da Odebretch, jogou a merda no ventilador e agora está lá curtindo a sua fortuna na 5ª avenida...


E ninguém achou isso errado...

Não escutei nenhum esquerdista, que costuma dizer que é contra a corrupção, que combate as elites que faturam em cima do trabalhador, reclamar do fato de que o cara está livre, leve e solto. Tem até advogados, que cerram o punho na hora de pedir o impeachment do Temer, que consideram perfeitamente natural que os donos da JBS estejam livres, pois eles colaboraram com a divulgação de crimes em andamento. Só porque o Joesley usou uma escuta meia-boca e assim correu "riscos", aparentemente ele pode ficar livre. Há quem diga que é por essa razão, pela maior colaboração, que eles estão soltos, enquanto o Marcelo Odebretch continua no xadrez.

Não consigo entender como que os irmãos Batista, que participaram ativamente de todo o esquema de corrupção, que roubaram bilhões do país que poderiam ser investidos na educação e na saúde, receberam o total perdão da Justiça...


E os petistas vão dizer que o que vai tirar dinheiro do trabalhador são as reformas... Realmente, esse é um país de idiotas.

O cara realmente nos fez de palhaços. Por meio de suas conexões políticas, molhou a mão de políticos pra aumentar o poder se sua empresa, absorvendo concorrentes e se transformando na maior do mundo em seu ramo. Tudo na base de grana recebida do BNDES, que deveria financiar projetos que trouxessem benefícios para o país, mas que no final só ajudou a JBS a enriquecer. O pior de tudo é que, o cara não é bobo, vai largar de mão tudo que tem aqui no Brasil. Na cabeça dos Batista, pode confiscar todas as instalações aqui do Brasil, que se foda. Pois hoje a maior parte de seu faturamento vem do exterior. Ou seja, Joesley e seu irmão garfaram as riquezas de nosso país, pensando em seus bolsos, e agora eles vão lá curtir a vida adoidado nos Estados Unidos, mandando um dedo médio para todos os brasileiros.

E o canalha ainda conseguiu a proeza de casar com a Ticiana Villas-Bôas! Pombas, o mundo é realmente dos corruptos!


Aliás, um breve comentário curioso: Ticiana hoje não se envolve muito com jornalismo, se não me engano ela estava em um programa de culinária do SBT. Fico me perguntando se ela ainda fosse apresentadora do Jornal da Band, e tivesse que anunciar a delação do seu marido?

Coisas assim é que me fazem ficar cada vez menos crente neste país. A corrupção é tanta, está tão entranhada na sociedade, que é um "cada um por si e que se fodam os outros". Muita roubalheira, políticos e grandes empresários sugando tudo que podem do país, enquanto o povo passa por dificuldades. Milhões de desempregados, pessoas morrendo todos os dias em filas de hospitais ou por conta da violência urbana... E ainda temos que aturar gente que fecha os olhos para tudo isso, que se deixa influenciar por ideologias políticas, que adota uma postura hipócrita de tolerar os crimes de seus amigos enquanto aponta o dedo para os outros. Sinceramente, do jeito que está esse país vai cada vez mais pro buraco...

E o mais hilário é escutar um dos bandidos mais corruptos do país ter a cara de pau de que PT pode ensinar a combater a corrupção.


Na boa... Com políticos dizendo coisas assim, não precisa nem inventar piada...

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Chora Mulambada!

O dia 17 de maio foi uma data marcante. Não pela divulgação do áudio que vai acabar derrubando o Temer, pela repercussão de mais uma delação que vai trazer sérias consequências políticas e econômicas para o Brasil. Mas sim por ter sido um dia em que mais uma vez a mulambada do Framengo fez a alegria da galera!


Foi a última rodada da fase de grupos da Libertadores. O menguinho estava em primeiro, e conseguiu a façanha de sair na frente contra o San Lorenzo na Argentina. Mas, permitiu o empate e a virada nos últimos minutos. Com a combinação de resultados, incluindo uma vitória heróica do Atlético Paranaense no Chile, o dia terminou com o Flamerda sendo mais uma vez eliminado da Libertadores!

Como dizem por aí, eu já sabia... Pois afinal de contas, quando o assunto é Flabosta e Libertadores, a gente já espera o final!


Meu Botafogo pode até ser eliminado logo mais, só que nada vai me tirar a alegria de ter visto esse timinho arrogante, metido a besta, ser eliminado mais uma vez de forma hilária e vergonhosa! Bem feito, aposto que daqui a pouco vão estar dizendo que o Carioca vale mais que a Libertadores...

Chora mulambada! Rumo à Série B!

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Aguardando a Resposta das Feministas

Essa aqui vai ser rapidinha. É especial para as mulheres feministas exageradas de hoje em dia, algumas que até já vieram aqui em algumas oportunidades dizer que eu sou machista, que não respeito as mulheres e outras coisas mais. Vim aqui para perguntar a respeito da opinião delas sobre dois casos recentes que apareceram aí na mídia, e que estão de certa forma relacionados à opressão contra as mulheres e ao machismo.


Eu sei que nenhuma vai responder... Como não se manifestaram em relação a esses casos até o momento. Mas este texugo aqui ainda tem esperança que alguma defensora ferrenha do feminismo venha aqui pra me explicar...

Primeiro, eu gostaria de comentar sobre o caso do José Mayer, lembra? Aquele que sempre fazia o papel de pegador nas novelas da Globo, e que foi acusado por uma figurinista da emissora de tê-la assediado, de ter metido a mão ali nas suas partes íntimas. Aquele que foi suspenso, que foi aí criticado ferozmente pela sociedade, que motivou aí um monte de mulheres engajadas na defesa de suas semelhantes a bradar "mexeu com uma, mexeu com todas". 


Pois é... Um jornal já começa a dizer que a tal "Su" Tonani, a figurinista que até ganhou apelido chique para a mídia, teve um caso com o ator... Soma-se a isso o fato de que ela foi na delegacia para declarar que não vai acusar José Mayer criminalmente.

Como assim? Cadê a defesa do direito da mulher? Se ela se sentiu tão ofendida assim com a ação do ator, por que desistir da denúncia? "Su" gerou toda uma comoção no país, conseguiu trazer para seu lado toda uma horda de feministas em sua defesa, todo mundo dizendo que ela foi uma vítima... e agora vai deixar por isso mesmo?


Alguém me explica?

Será que ela se enganou? Ou talvez caiu a ficha de que a história tá mal contada? Gostaria que alguém me explicasse. Quem sabe, ela desistiu de oferecer a denúncia pois já conseguiu o que queria...

Engraçado é ainda aparecer gente dizendo que a suspeita de que ela era amante do José Mayer não faz diferença, "ah, mas não tem nada a ver!", o assédio aconteceu e ele é um machista que precisa ser punido. Tudo bem então, por que ela não fez a denúncia? Vai lá, vamos considerar que o fato dela ter sido amante dele não seja nenhum agravante, então não faria sentido que ela desistisse de denunciá-lo praticamente no mesmo momento em que surgiu essa suspeita de que os dois tinham um caso extra-conjugal.

Essa história tá mais mal contada do que piada narrada por um gago...

Bom, e a outra notícia é a seguinte, essa destinada com carinho para as feministas de esquerda. Tá, eu sei que isso é meio que redundante, pois afinal de contas geralmente a feminista também é favorável à esquerda, e aqueles da esquerda também são partidários da causa feminista. Essa é para aqueles que adoram acusar o Bolsonaro de ter desrespeitado a Maria do Rosário, que apontaram o dedo para o Pedro Paulo por ele ter batido em mulher e que acham que todo mundo da esquerda trata as mulheres com respeito.


Apareceu aí a ex-mulher do Marcelo Freixo, acusando-o de ter sido machista com ela, sendo acuada e caluniada pelo deputado do PSOL e por seus amiguinhos.

Cara... E agora? 

O que é que vocês me dizem? 


E aí, feministas! O que vocês vão dizer do Freixo? Vão perseguí-lo, como fizeram com o José Mayer? Vocês vão aí botar blusinha de "mexeu com uma, mexeu com todas" em solidariedade com a ex-mulher dele?

Me pergunto aqui onde está aquela premissa de que toda pessoa que é de esquerda tem consciência social, de que tem preocupação com as minorias oprimidas pela sociedade "machista patriarcal capitalista e racista". Ou se vale mais a famosa indignação seletiva, em que o que determina a interpretação de seus atos é a orientação política, dessa forma perdoando os crimes daqueles que seguem o matelinho com foice, mesmo que sejam crimes considerados como inaceitáveis por eles...

Pois muito bem, estou esperando! Quero ver alguma feminista revoltada e extrema vir aqui pra comentar sobre isso, pra me explicar esses dois casos. Faço esse pedido aqui de forma encarecida, para que eu possa compreender esse movimento tão fraterno que prega a igualdade entre os sexos, explicando aqui por que uma vítima de assédio decide mudar de idéia após seu passado com o agressor começar a aparecer, e por que um suposto defensor das mulheres, que tanto condenou o machismo de seus adversários políticos, foi acusado de prática machista, e não recebeu nenhuma crítica da sociedade feminista.

Ou todo esse papo feministóide extremo não passa mesmo de uma grande hipocrisia?