domingo, 28 de agosto de 2016

Super Amigos - Colossus


E vamos para mais uma historinha dos Super Amigos, para a nossa alegria. É de se surpreender como eles consegue se superar com as idéias mais absurdas possíveis, e neste episódio não pouparam em nível de tosqueira. Apenas para deixar claro, esse Colossus não é o X-Men de aço fazendo uma ponta. Mas, como você verá mais adiante, antes fosse. Seria menos ridículo que o que nos espera.

Começamos a história de hoje no meio do espaço sideral, onde vários planetas genéricos e uma cópia mal-feita de Saturno estão exageradamente próximos um do outro, ali de boa. 


E do nada, aparece Colossus, o gigante espacial.


Perdão, mas... Puta que pariu, caralho! Que idéia de merda é essa, cacete? Puta merda! Vai se fuder, é um puta dum gigante chifrudo que ANDA pelo espaço! Sim, ele está andando no meio do vácuo espacial, como se estivesse caminhando no calçadão! 

Sério... Desisto. É demais pra mim, o nível de ridículo desse episódio estourou a escala!

...

...

...

...

...

Tá bom, vamos continuar... Não tem como ficar pior que isso. Ou será que tem?


Colossus continua com sua caminhada pelo espaço, e então ele encontra um planeta interessante para brincar. Claro que tinha que ser a Terra, um universo infinito com porraralhos de planetas e ele tinha que escolher logo a Terra.


O que será que ele vai fazer? Provavelmente vai engolir a Terra...


Não, ele a coloca debaixo de sua barba... Nojento.

Enquanto isso, na Terra, um pêlo acaba ficando encravado bem na frente da Sala da Justiça, juntamente com o céu que escurece totalmente. Sim, um pêlo encravado... É isso mesmo...


Percebemos também como ou os Super Amigos foram meio exagerados na hora de comprar o terreno para seu QG, ou são grandes filhos das putas que pegaram quase que um bairro inteiro para eles ou foram mesmo os moradores que preferiram ficar longe daquele prédio cheio de gente doida.

Lá na Sala de Justiça, quem está de plantão hoje é o Super Homem e o Chefe Apache. O índio percebe então que tem um pentelho gigante do lado de fora do prédio e não é dele, pois ele fez depilação com cera semana passada.


Usando uma câmera que está sabe-se lá onde, eles conseguem dar um zoom out, mas mesmo assim não consegue perceber muito bem o que está acontecendo, só conseguem ver uma barba gigante ao redor da Terra. 


O Super Homem então usa sua visão telescópica, que mais parece a visão de calor, para ver o que está acontecendo.


E ele descobre a cara do gigante, ao mesmo tempo que quebra todas as leis da física e ótica, ao conseguir enxergar o cara dessa forma.


Como o Super Homem é um cretino arrogante e que gosta de aparecer, ele já manda um "para o alto e avante" e se manda pro espaço pra lutar contra o Colossus. Já não bastou aquela vez do monstro da Lua, em que o índio cortou seu barato, não seria de novo que o Chefe Apache iria ter destaque no episódio.


E como o Chefe Apache é um cagão dum covarde, ele diz que vai ficar por ali, aproveitando pra pedir uma carona pra ir pra Las Vegas jogar num cassino.


Nesse meio tempo, Colossus decide brincar um pouco com a Terra. Claro que da forma como ele está segurando nosso planeta que nem uma bicha, ele também já deve ter afundado a Antártica e destruído a Europa.


E a brincadeira favorita dele é bola de gude.


Caramba, há quanto tempo eu não brinco de bola de gude! Claro, que um texugo adulto ficar agachado no chão jogando bolinhas uma contra a outra é meio complicado.

Lá na Terra, o Chefe Apache estava brincando de Galvão Bueno, quando percebe que a Terra está indo lá pra casa do caralho. Depois de proferir um espantoso "pode isso, Arnaldo?", o índio retorna à realidade e pergunta pro Super Homem o que diabos ele estava fazendo, em vez de enfrentar a pôrra do gigante.


O Homem de Aço estava lá, paradão no meio do nada, sentindo a brisa do espaço balançar a sua capa. Por mais ridícula que essa frase possa soar.


Finalmente ele decide fazer alguma coisa de útil, pegando a Terra e levando ela de volta... Como ele consegue segurar a Terra pelo Oceano Pacífico é uma pergunta que deixaremos em aberto para a comunidade científica explicar.


Só que Colossus diz que não vale pegar na bolinha de gude até ela parar, e com isso ele pega a Terra de volta junto com o Super Homem. Se não sabe brincar, então não brinca!


Pelo menos Colossus é um gigante bem comportado e não larga seus brinquedos pelos cantos. Ele pega a Terra e guarda dentro de uma garrafa. Sabe-se lá onde ele arrumou uma garrafa com o tamanho de um planeta, deve ter uma Casa & Vídeo monstro em algum canto do Universo.


De volta à Sala da Justiça, sobrou então pro Chefe Apache. Me pergunto de novo onde estariam os demais Super Amigos nessa hora... Os Super Gêmeos devem estar no fliperama, a Mulher Maravilha deve estar dançando no colo do El Dorado, e o Batman e o Robin devem estar tomando um banho de espuma juntinhos. 


Nunca entendi isso... Pelo menos nos desenhos mais antigos, aqueles que tinham aqueles dois adolescentes e um cachorro, todos os heróis participavam do episódio, até mesmo o Aquaman. Aqui, eles escolhem alguns para serem os protagonistas e simplesmente somem com os demais.

O índio começa a usar seu poder Ine Shock, que ainda está potencializado pelo raio de Viagra do Átomo, quando eles estiveram enfrentando aquele monstro da Lua...


... e ele vai crescendo ainda mais, para que todo mundo olhe pro alto e veja as suas bolas indígenas.


O Chefe Apache continua a crescer, a ponto de arrancar fora a rolha e sair voando da garrafa de Colossus. Bizarro! Para a surpresa do gigante espacial, pois ele havia deixado seus bonequinhos do Forte Apache em casa.


Sem dizer um mero "obrigado" o Super Homem se manda dali, levando a Terra de volta para seu devido lugar, deixando o Chefe Apache se virar com o gigante.


Colossus fica puto da vida com o índio, que era sacanagem ele roubar o lanche dele, e que iria enfiar um cachimbo da paz onde o Sol não brilha. Por sua vez, o Chefe Apache manda ele tomar no rabo e que iria arrancar fora aqueles chifres de merda da sua cabeça.


É misterioso como o Chefe Apache consegue ficar no espaço sideral sem usar nenhum tipo de máscara de oxigênio ou similar. Mas quando se consegue ficar em pé no espaço, acredito que respirar deve ser o menor dos problemas.

Os dois decidem então resolver essa peleja com adultos: com uma queda de braço sideral.


O Chefe Apache ganha a luta, e saca então algo que parece ser mesmo um cachimbo na paz, e diz que Colossus é quem iria fumar o cachimbo pela bunda.


Na verdade trata-se de um raio encolhedor (ou seja, com o poder reverso do Gyodai dos Changeman), que usa para reduzir Colossus ao tamanho de uma pessoa normal. E que o índio poderia ter usado antes, em diversas ocasiões quando enfrentou criaturas gigantes... Típico, inventam um super-poder ou geringonça só pra encaixar em um episódio.


Mesmo estando provavelmente a milhões de quilômetros da Terra naquele momento, Colossus acaba caindo que nem uma bomba no meio do mar, convenientemente em Metropolis (ah, as coincidências dos desenhos animados). Sorte dele, pior é que se ele caísse no meio de uma rua ou sentado em cima de um cactus.


Já que está agora do tamanho de uma pessoa e ele não pode mais fazer merda pelo espaço, então nada melhor do que fazer merda pela Terra, começando com um barquinho que ele manda pro fundo do mar.


Depois ele parte pra ponte. Não sei porque os vilões gostam de derrubar pontes, deve ser o efeito psicológico de destruição quando ela desaba no mar, sei lá. Tá aí uma idéia para os psicólogos de plantão que não tem nada pra fazer a não ser procurar problemas nas pessoas.


Lá se vai a ponte... Parece mais uma daquelas pistas de Hot Wheels pendurada por barbantes, mas tá valendo. Certamente teremos vários mortos depois dessa tragédia...


... mas o Super Homem chega a tempo, para evitar o desastre. Ele deve estar se perguntando onde diabos estão os outros Super Amigos, será que ele vai ter que fazer tudo?


Nisso aparece o Chefe Apache, tentando marcar alguns pontos com um salto ornamental. Certamente o Super Homem pensou "pombas, logo ele?".


O índio vai lá e segura a ponte. Em vez de soldar as pilastras da estrutura para que ela fique em pé, o Homem de Aço larga o Chefe Apache segurando a ponte, para que assim ele possa enfrentar Colossus sozinho. Filho da mãe esse Super Homem, o pele-vermelha vai lá ajudá-lo e o babaquara o deixa lá como suporte de ponte.


Colossus continua solto fazendo merda pelos cantos, parece uma criança travessa esse corno. Dessa vez ele pega alguns trilhos e os entorta...


... bem na hora que um trem de aproxima. Claro que o Super Homem logo chega para salvar o dia mais uma vez...


... endireitando os trilhos do ferrorama antes que uma tragédia ocorra.


Dá tempo para fazer a pose de fodão pra fotografia do Planeta Diário mais uma vez. E o Chefe Apache ainda lá, segurando a ponte... Ninguém se lembra do índio, depois dizem que o desenho era politicamente correto ao retratar as minorias. Nada de politicamente correto em fazer essas minorias sempre se fuderem.


Agora Colossus está na Sala da Justiça, querendo encoxá-la como um cachorro no cio. 


O Super Homem chega ali, e fala "quarenta e dois, trinta e um, oitenta, joga!" e espera a bola de futebol americano pra fazer o passe. Ou ele está apalpando uma bunda invisível.


Colossus pega então um aerolito que estava ali perto e diz que vai jogar na cabeça do Super Homem, e depois ele vai peidar na cara dele, por ter estragado a diversão.


O Super Homem faz novamente a sua pose de "mamãe, eu sou foda", e usa sua visão telescópica, quer dizer, visão de calor...


... explodindo o aerolito. Pôrra Super Homem! Coitado do aerolito! O Chapolin tinha mais respeito pelos nossos amigos rochosos do espaço!


Colossus não quer brincar mais e diz que precisa soltar um barro, e com isso ele invade a Sala da Justiça, procurando o WC mais próximo para passar um fax para as Tartarugas Ninja.


Só que o Super Homem fala que não, que é sábado e ele precisa tomar um banho antes de sair com a Lois Lane, e que se Colossus tivesse que passar um fax que fosse lá no posto Ipiranga, pra deixar de ser abusado. Ou que pelo menos deixasse ele tomar a sua ducha antes, pois tomar banho num banheiro que alguém cagou antes, simplesmente não dá!


E o Chefe Apache, continua lá segurando a ponte...

Entrando na espaçosa sala de estar da Sala da Justiça, com sua televisão de 500 polegadas, o Homem de Aço é recebido à bala. 


Sim, bem que o Super Homem tinha avisado pro Batman que seria uma péssima idéia ter um canhão desintegrador no meio da Sala da Justiça, não teria sentido nenhum. É como colocar um canhão anti aéreo no porão. E para o azar deles, o Colossus não fez treinamento de tiro na escola dos Stormtroopers, e consegue atirar no alvo.


Porém sorte que quem montou esse canhão não foi o Batman mas sim o Robin, logo em vez de desintegrar ele só dispara raios coloridos e faz um barulhinho de ZAP. O Super Homem faz lá de novo a sua pose se fodão pra mostrar pro Colossus quem é que manda nessa pôrra.


Aí em vez de dar um super soco no pequeno gigante ou disparar sua visão de calor pra queimar a barba dele, o Homem de Aço pula que nem uma gazela no canhão e aplica um golpe no estilo do desenho do Pica Pau, catapultando Colossus pra longe.


Colossus sai deslizando que nem uma pedra de curling, demolindo tudo pelo caminho...


... até ser pego pelo Chefe Apache, que cansou de ficar bancando a pilastra e deixou aquela ponte desabar de vez. Afinal de contas, o prefeito precisa fazer obras na cidade para desviar o dinheiro do contribuinte, nada com dar uma mãozinha pra ele, e quem sabe o índio não ganha uma cadeira na Câmara?


De saco cheio dessa esbórnia toda, o índio enfia o dedo na bunda de Colossus, girando ele que nem um pião. 


O Super Homem então termina o serviço, usando seu super sopro pra mandar o Colossus lá pra puta que o pariu, enquanto o Chefe Apache banca a estátua.


Fim da história, mais uma crise resolvida já que o Colossus virou estrela cadente, e agora o Super Homem pode levar o Chefe Apache pra comprar algumas cuecas, pra cortar essa pederastia de andar com tudo solto debaixo da tanga.


Bizarro... Simplesmente bizarro esse episódio. Me faz pensar o que diabos pensavam os roteiristas. Já vi muitos episódios dos Super Amigos sem um mínimo de noção, sem falar dos muitos outros episódios dos outros heróis como o Homem-Pássaro e o Space Ghost. Mas, um gigante espacial que sai andando pela galáxia e sai na porrada com os heróis, isso ultrapassa o limiar do ridículo!

Será que consigo achar episódio deles mais tosco?

Um comentário:

Ciro Lira disse...

Bizzaro é pouco, andar de boas no espaço sideral é foda. Lembro que o Samurai fazia umas pontas também e traga mais analises caro amigo Texugo. Sempre divertido e nostalgicos conferi-las!