quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Concurso bunda

Estou realmente vindo aqui com pouca frequência ultimamente. É o resultado de uma combinação de muito trabalho e muitos problemas pra resolver aqui em casa. Não gosto de entrar em muitos detalhes de minha vida particular, mas é realmente foda quando você vive em um prédio cheio de pessoas enroladas, incluindo uma vizinha que mora no andar de cima que parece cagar e andar para o bom funcionamento de seu encanamento (sem maldade, estou falando no sentido literal). O resultado é que num belo dia desabou um pedaço do teto do banheiro, devido a uma infiltração absurda que estava ocorrendo por conta de um vazamento. Bem em cima da privada, se eu estivesse ali liberando o Mandela o estrago teria sido maior...

O pior de tudo é que a postagem de hoje até que tem a ver com privada, sob um certo ponto de vista. Não sei se deveria, mas achei interessante dissertar sobre uma das competições que eu acho a mais escrota e absurda que eu já vi, em especial pela imensa repercussão (e na minha opinião desmerecida) que recebe, que foi o tal do Miss Bumbum, que elegeu a sua vencedora nessa semana.

Sim, nós temos aqui no Brasil um concurso que escolhe a mulher com a melhor bunda... 


Intervalo para o comentário que certamente vai enfurecer as feministas ferrenhas e exageradas, que acham que todo homem é pervertido. Sinceramente, eu não sou um tipo de cara que se anima tanto com bunda de mulher, apesar de ser sem dúvida a preferência nacional. Tudo bem que às vezes vejo mulheres que realmente tem ancas de chamar a atenção, mas estou longe de ser do tipo que torce o pescoço para qualquer par de nádegas indo na direção oposta. Sou um cara que pessoalmente acho mais atraente e feminino um belo par de seios do que uma bunda grande. Mas como disse, aqui no Brasil a turma gosta de poupança, alguns que até acho meio sem noção que se derretem por bundas gigantescas e desproporcionais, como se fosse um babuíno. 

Em função disso, não seria novidade que algum desocupado inventasse um concurso como o Miss Bumbum. Já temos o já manjado concurso de beleza como Miss Brasil, que escolhe a mais bela representante tupiniquim para depois concorrer com as representantes de todo o mundo no Miss Universo, uma das competições mais armadas, pois a vencedora é sempre do planeta Terra. E no outro extremo de sanidade, temos concursos absurdos como a Miss Presídio ou a Miss Traveco, que realmente só me faz ter menos fé na Humanidade. Lógico que alguém pensou que seria sensacional inventar um concurso para eleger a mulher com o melhor popozão. 

Eu acho uma grande futilidade esse concurso... Na boa, mesmo o Miss Brasil eu acho meio escroto, mas pelo menos ele tenta ser um pouco mais sério, tenta dar um certo ar de glamour, com os desfiles de roupa de gala e as perguntas que fazem para as candidatas. Esse Miss Bumbum é um ápice da sem-noção, pois assume de forma direta o seu objetivo de ser somente uma pseudo-competição para que os marmanjos possam melar a cueca. Vide o naipe das fotos que são publicadas pelos sites e meios de comunicação que patrocinam esse certame, que se enquadram na categoria "putaria comportada", ficando evidente que no final das contas 


Aliás, como sempre toda hora tem um cretino que não se dá conta de como é ridículo usar iPad como câmera. Ah, maldita inclusão digital, que coloca maravilhas da tecnologia nas mãos de gente idiota!

O pior de tudo é imaginar como tem mulher que se preza a participar de um concurso como esse. Lógico, sabemos bem qual é o interesse: se tornar famosa, quem sabe descolar um emprego como paniquete ou dançarina do Faustão, chegando ao ápice de arrumar um ensaio para uma revista de mulher pelada, onde pode ganhar uma boa grana mostrando mais do que somente o traseiro. Ou na pior das hipóteses deve acabar virando puta de luxo, destino o qual não duvido que muitas das competidoras menos badaladas devem acabar arrumando. Sério, depois dizem que homem não presta... Sei que o machismo de nossa sociedade tem sim a sua contribuição para que muitas mulheres sigam por essa linha de profissão, digamos, menos nobre. Afinal de contas, é lei da oferta e da procura. Mas tem sim a parcela de "culpa" de muitas mulheres que não se incomodam em serem vendidas como pedaços de carne, a troco de fama e fortuna fácil.

Uma coisa revoltante é como esse concurso se perpetua... Na boa, acho que essa merda começou lá no primeiro semestre, e só terminou agora em novembro, Puta que pariu, parece que é mais longo que o Brasileirão! E com isso, todo lugar que você olha, abre um site de notícias, abre a página principal de seu e-mail, todo lugar, tem lá aquela matéria sobre esse concurso, tipo "fulana encarna atriz de Hollywood em mais um ensaio" ou "candidata ao Miss Bumbum é flagrada na noite paulista tocando flauta para DJ", essas coisas que realmente mudam o mundo e as pessoas, notícias de grande importância para o cenário mundial. Claro que vai se alastrar ainda mais, com as entrevistas em programas da TV aberta, as chamadas da Playboy apresentando a vencedora e as notícias fúteis sobre o concurso. Só aqui que uma pessoa se torna uma celebridade por conta de seu traseiro...

Bom, como nota final, cabe sim um último parágrafo para comentar a respeito da beleza de uma candidata, e apesar dos pesares, não por conta de sua bunda. Teve uma delas, a representante do Paraná, chamada Claudia Alende, que vou dizer, é realmente de chamar a atenção. Faz jus a fama de "Megan Fox brasileira", muito bonita com esses olhos azuis (embora há quem diga que sejam lentes de contato). 


Sério, essa era uma que podia não ter ido na linha de um concurso tosco como esse e tentar mesmo um Miss Brasil ou coisa parecida, que ficaria bem melhor.

Nenhum comentário: