sexta-feira, 27 de junho de 2014

Apostas pra Copa do Brasil - Parte 2

Bom, e lá se foi a primeira fase da Copa do Mundo. Muitas surpresas, muitos resultados absurdos, e muita gente xingando meio mundo por terem se dado mal nos inúmeros bolões. Metade dos times acabaram de dar adeus ao campeonato, tendo que esperar agora mais quatro anos para ter uma chance. Com destaque para os espanhóis, que se fuderam em verde e amarelo, mantendo uma escrita de que o campeão da última Copa costuma sempre pagar um vexame homérico na competição seguinte.


Impressionante observar que a Copa está até indo relativamente bem, pelo menos sob o ponto de vista de dentro das quatro linhas. Muitos gols, muitas partidas acirradas, pelo menos nesse aspecto não temos o que reclamar. Mas não é merecedora do título de "Copa das Copas", primeiro pelo fato de eu abominar essa propaganda comunista do governo de achar que está fazendo a maior competição da Terra, e em segundo lugar pelo fato de que temos sim uma série de problemas acontecendo em paralelo. Estações de metrô lotadas, engarrafamentos monstro, passarelas treme-treme... Temos aí vários "legados" que serão deixados aqui depois da Copa, muitas coisas que não funcionam direito. Sem falar de inúmeros episódios de violência, como nos protestos que ocorreram em São Paulo e os jornalistas feridos no início da competição.

E se tem outra coisa que vai marcar essa Copa é o uso de novas tecnologias. Uma delas é o recurso eletrônico que mostra se a bola entrou ou não, para evitar certos erros grosseiros, evitando gols legítimos anulados ou bolas que não entraram que foram validadas, com a ajuda de um chip que fica dentro da gorduchinha. Já teve um jogo onde esse recurso teve que ser usado, onde o goleiro tirou a bola de dentro do gol, mas foi comprovado pelo sistema.


Seria bom que eles mantivessem essa tecnologia. Com ela, aposto que o Flamerda não ia ganhar tantos títulos assim... Se bem que, conhecendo como são as coisas aqui, seria bem provável que até isso iriam adulterar, pra ajudar o mais odiado do Brasil. Cambada de fuinhas esses mulambos.


E outra tecnologia nova que chamou a atenção, mas que já era usada aqui com certa frequência, é o famoso spray para marcar a posição da barreira, na hora de uma cobrança de falta. Embora na minha opinião o produto oficial da FIFA para essa competição mais parece espuma de barba, tipo daquelas da Bozzano. Fica lá aquela pôrra esbranquiçada melando todo o gramado, sem falar que alguns juízes ainda estão dando uma cagada nas chuteiras de alguns craques.


E se tem outra coisa que sem dúvida é legal nessa Copa são as beldades nas arquibancadas. Sabemos muito bem que futebol é um esporte predominantemente masculino, e seria de se esperar um monte de barbados, normalmente expondo suas barricas de Budweiser e com fantasias ridículas. Mas felizmente temos sempre a presença de algumas torcedoras gatinhas que tornam mais agradável assistir as partidas, esbanjando charme e sensualidade enquanto expõem as cores de suas seleções nas cores da unhas e nas roupinhas justinhas ao corpo.




Tudo bem que até agora não apareceu uma no nível da Larissa Riquelme, a paraguaia que torcia efusivamente enquanto deixava seu celular guardado entre as suas maracas, destaque da última Copa. Mas certamente temos várias anônimas que não ficam muito atrás.

Mas vamos voltar ao que interessa, que são os jogos. Lá atrás eu havia feito a minha costumeira previsão de quais seriam os classificados, nesta postagem. E claro que eu me dei mal em uma série de palpites, ainda mais pelo fato de eu ter feito isso há algum tempo, sem ter acompanhado o desempenho mais recente das seleções, somando-se a isso as várias zebras. Chegou a hora de eu ver como que eu fui, juntamente com uma análise dos resultados dos grupos. E dessa vez procurei fazer algo um pouquinho mais profissional, com as bandeirinhas e tudo mais, espero que gostem. Na coluna da esquerda coloquei os meus palpites, e na da direita coloquei o resultado oficial que ocorreu.

Além disso, para a brincadeira ficar mais legal, vamos fazer o seguinte, com uma pontuação: para cada acerto de posição, vou marcar em verde e somar 10 pontos, e para cada acerto de classificação ou desclassificação (por exemplo, acertei que o time passaria para a próxima fase mas em outra posição que eu imaginei), pintarei de laranja e darei 5 pontos. Vamos ver como me saí.


Aqui era esperado mesmo que a seleção brasileira ficasse em primeiro, mas ela suou a camisa pra ficar aqui, depois de ter passado por um empate contra o México, onde o goleiro cabeludo Ochoa fechou o gol. Claro que também precisou de uma certa ajudinha do juiz no primeiro jogo contra a Croácia e deu a sorte de pegar Camarões já eliminado. Os mexicanos me surpreenderam, conseguiram ficar em segundo, não ficando na liderança só pelo saldo de gols. O time da toalha de mesa se esforçou mas não conseguiu, e os africanos, como eu imaginava, não conseguiram mais uma vez repetir o feito de algumas copas atrás.

Aliás, temos que agradecer ao México por ter trazido a gracinha da repórter Vanessa Huppenkothen, que está com tudo pra se tornar a musa da Copa.


Foco! Continuemos...


No Grupo B, sem dúvida ninguém esperaria que a Espanha levaria uma surra homérica da Laranja Mecânica, que chegou de certa forma desacreditada e se classificou de forma absoluta em primeiro, com três vitórias. Parece que passou o tempo de Iniesta & Cia, voltando para casa mais cedo de forma melancólica. E o destaque surpreendente foi o Chile, que jogou de forma certinha contra os campeões do mundo, mostrando que tem força para complicar a vida do Brasil. Quanto à Austrália, ela até engrossou o caldo no jogo contra a Holanda, mas ficou mesmo na posição onde esperava, na lanterna.


Esse que seria um grupo meio xôxo acabou tendo fortes emoções no final. A Colômbia deu um passeio, isso era esperado da seleção cabeça de chave e mais forte do grupo. E o Japão, aparentemente só sabe jogar bola naquele desenho dos Super Campeões, sabia que eles não iam passar, mas esperava um pouco mais. Por fim, Grécia e Costa do Marfim duelaram na última partida, os africanos jogando com a vantagem do empate e confiando nisso, até chegar nos acréscimos do segundo tempo e os gregos conseguiram um pênalti. Me ajudou aqui no palpite, mas realmente mostra a dureza que é uma Copa do Mundo.


É... Aqui ninguém esperaria isso... Há alguns meses, o que se pensava desse grupo da Copa do Mundo podia ser retratado pelo GIF abaixo.


Quem diria que no "Grupo da Morte" a Costa Rica seria a verdadeira assassina e iria sair na liderança?! Deu uma chacopelada no Uruguai, venceu também a poderosa Itália e conseguiu segurar um empate contra a Inglaterra. Acho que ninguém esperava isso, são essas coisas que tornam a Copa incrível, uma verdadeira zebra. Os ingleses, que eu achei que fossem surpreender e ficar bem, saíram em último, mostrando que não tem sorte na Copa. E acertei os demais classificados, o Uruguai arrancou um golzinho no último jogo da Itália, mandando Balotelli e seus amigos de volta pra casa.

Embora o que mais se fala agora foi da dentada que Suarez deu no zagueiro italiano, que terminou em punição para o atacante, que não vai mais disputar a copa. Babaquice dele, dar um mordidão no cara foi estupidez mesmo, coisa de babaca. Achei exagero da FIFA deixá-lo fora por tantos jogos assim, seria só indicar ele para um profissional para que ele passasse a se comportar melhor.


Só para guardar as devidas proporções, acho importante falar o que o nosso já velho conhecido Mario Balotelli, o negão da Itália, fez no mesmo jogo.


Puta que los pariu, cacetada! Esse aí tá mais pra Bruce Lee. E isso que acho injusto, pois num lance desses o Balotelli tinha que levar cartão vermelho e ir direto pro camburão.



Aqui no Grupo E ocorreu o esperado, com a França liderando, Suíça ficando em segundo, Equador em terceiro e Honduras saindo sem contribuir com muita coisa. Destaque mesmo para os franceses, que fizeram uma porrada de gols e estão vindo bem, e o Equador que foi valente, lutando até o final, mas que não conseguiu passar. E o time da América Central saiu mesmo como o saco de pancadas, deu até pena, mas até era esperado. Se no grupo anterior sobrou polêmica e surpresas, esse aqui foi sem graça, vamos para o próximo.


Esse grupo acertei na mosca também! Mas diria que não parecia ser muito difícil, com a Argentina de Messi melhorando a cada jogo, e se apresentando como uma séria candidata ao título. Os argentinos invadiram o Brasil e certamente vão dar trabalho pela frente. A Nigéria conseguiu o feito de representar bem o continente africano, jogando com a mesma garra, embora só passaram da Bósnia com uma certa ajudinha do juiz. Os bósnios tiveram uma participação dentro do esperado, pelo menos não amargando uma última colocação, que ficou com o Irã, que até a última rodada sonhava em passar a Nigéria, mas não deu pro time do Mamute Armandinho e Jade.


No grupo G tivemos uma outra surpresa, embora há quem já esperasse que os galegos fossem amarelar. A Alemanha foi absoluta, embora tenha se enrolado com Gana, mas surpreendeu ao desferir uma surra em Portugal, com Cristiano Ronaldo caindo de quatro. Os Estados Unidos, quem diria, conseguiram mandar bem nesse grupo, apesar de terem deixado a vitória escapar contra Portugal nos acréscimos. Gana amargou um último lugar, embora deu trabalho para os adversários. O curioso é que nesse grupo, no último jogo entre EUA e Alemanha um empate garantiria a classificação dos dois, independente do placar entre Portugal e Gana. Mas pelo menos não tivemos um jogo de "comadres".


Esse foi um grupo que teve fortes emoções até o final também. A Bélgica comprovou o favoritismo, mas não convenceu tanto assim como estavam dizendo, falando que estava com um futebol revolucionário e de agradar aos olhos. Sério, foram os jogos mais escrotos da Copa, a única coisa de novo que esse time trouxe foi mostrar para o mundo um belga de black-power.


A Coréia foi o saco de pancadas, não conseguiu nada de expressivo, e a Argélia conseguiu um grande feito, arrancando um empate no último jogo contra a Rússia que a garantiu na próxima fase. E aí com isso, o mundial fica mais triste, pois deixaremos de ter a sempre bela presença das lindas torcedoras russas nos estádios.


Qual foi? Eu acho as mulheres da Ucrânia, Rússia e adjacências trezentos e oitenta e sete vezes mais bonitas, simpáticas e doces do que as brasileiras! Continuando.

E essa foi a primeira fase. Se eu fiz as contas certas, foram 18 acertos precisos de posição de classificação (sendo dois grupos onde foi flawless victory), mais 4 seleções onde acertei a classificação ou desclassificação, somando assim 200 pontos dentre 320 possíveis, pouco mais de 60% de acerto. Tá ruim, mas tá bom.

Com isso, chegamos então nas oitavas de final. Vários jogos interessantes, alguns confrontos onde vai sair faísca. E na competição agora com mata-mata, sem dúvida fica mais interessante. Os jogos que vamos ter são os seguintes, com os meus palpites.


O Brasil vai enfrentar o Chile, e será a primeira vez que a seleção brasileira vai encarar um time sul-americano na competição, que estão trazendo a torcida em peso. O Chile não é moleza, e embora eu tenha uma certa torcida para que o Brasil leve uma porrada logo nessa fase, acredito que ele vai acabar passando, mas os chilenos vão dar trabalho...


Esse é um confronto interessante... A Colômbia está muito forte, e o Uruguai vai ter que se virar sem o seu maior atacante. Aqui a porrada vai comer, espero um jogo ainda mais brigado e nervoso do que a partida entre uruguaios e italianos. Mas a Celeste tem tradição, tem garra e mais experiência em confrontos decisivos, pra mim o Uruguai consegue passar aqui.


França e Nigéria... Me parece um jogo relativamente fácil para os franceses, embora a Nigéria é um time forte, e certamente vai brigar muito. Só que os bleus mostraram que trouxeram artilharia pesada, ainda mais com o Benzema inspirado, penso que os nigerianos vão voltar mais cedo pra casa.


A Alemanha aparentemente também está com um caminho relativamente tranquilo. Por mais que a Argélia tenha surpreendido, ela passou por um grupo muito bunda, e não vai ter como suportar muito o poder de fogo dos chucrutes. Tem tudo pra ser uma relativa goleada aqui.


Esse é um jogo que promete. A Holanda está jogando muito fácil, é um dos times favoritos para passar e chegar bem longe. O México é sempre um time enjoado, e certamente vai ter uma boa ajuda da torcida, só que se a Laranja Mecânica manter o seu jogo com contra-ataques fatais, passará para a próxima fase.


Este aqui é talvez o jogo mais inesperado das oitavas. Imaginava-se aqui ter um grande campeão do mundo jogando todo o seu favoritismo, mas temos duas grandes zebras. A Grécia já tem um histórico de conquistas na Europa, mas eu confesso que estou confiante de que a Costa Rica vai continuar surpreendendo, mandando a turma do Leônidas de volta pra casa.


A Argentina é sempre um time curioso nas fases eliminatórias... Aqui ela é franca favorita contra uma Suíça que não vem sendo assim tão espetacular, que com certeza será bem enjoada e vai lutar muito. Mas não dá para apostar contra um time onde tem um Messi inspirado.


Esse é um jogo que me parece interessante. Como disse, a Bélgica mostrou mais cabeleira do que futebol, enquanto que os Estados Unidos mostraram que estão com um futebol relativamente expressivo, tendo ainda a liderança do Klinsmman. Aqui vou arriscar, que os americanos passam por cima dos belgas.

Enfim, vamos ver como vai ser. Folga na Copa é só hoje, e amanhã os confrontos já seguem, tá na hora de vibrar muito e torcer, como fez o lunático do técnico do México, que parece o Godines da turma do Chaves.

Nenhum comentário: