quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Questão Cabeluda

Cara... Eu não sei se deveria estar fazendo uma postagem sobre esse assunto, sinto cheiro de grande polêmica mais adiante, principalmente vindo de senhoras defensoras dos bons costumes e extremamente conservadoras, quando faço um post que seja focado em algo relacionado às mulheres, ainda mais quando começo a percorrer um caminho de +18. Mas vamos em frente, acho que no fundo gosto de correr o risco de ser criticado e xingado aqui, para que possa dar minhas respostas violentas como o chute do Chuck Norris.

A polêmica dessa vez foi causada pela edição de aniversário da revista Playboy, lançada nesse mês e trazendo a atriz da Globo Nanda Costa como capa. Como de costume, o ensaio de aniversário costuma trazer uma personalidade que está em evidência na atualidade, no caso uma atriz que fez grande sucesso na última novela das oito, que agora é a novela das nove...


Pois muito bem... Depois de lançada a revista, aparentemente choveu uma horda de críticas dos "leitores" da revista, embora na prática sabemos muito bem que a imensa maioria deles acaba vendo as fotos na Internet. E esses leitores não estavam criticando a atriz em si, ou as fotos do ensaio ou mesmo a localidade onde as fotos foram tiradas (lá em Cuba, na terra do Fidel). A reclamação em sua maioria era por causa de...

...

...

...

Agora é que eu me estrepo, agora é que vão vir um monte de críticas ao meu blog...

...

...

...

Bom... A reclamação era por conta do... por conta dos... por causa da...

...

...

Tá difícil... Digamos então, tentando ser o mais polido possível, que as reclamações eram por conta do "penteado" da atriz. Não exatamente o penteado de seus cabelos... Mas sim de uma área um pouco mais ao sul, abaixo da linha do Equador...


É, eu sei... Já passei por essa situação nessa postagem, quando falei das pessoas que tingem os cabelos de cores bizarras, ao me referir a como a panicat Thais Bianca optou por... vamos dizer, "tingir o carpete" de rosa, da mesma cor de seus cabelos. No caso aqui agora da Nanda Costa, digamos que o carpete é natural.

Eu não cheguei a ver os comentários desses sujeitos, criticando a opção da atriz em não fazer o desmatamento da região ao redor da Caverna do Dragão, mas aparentemente ela ficou um pouco sentida e/ou revoltada com isso, o que rendeu a uma resposta em sua conta de Twitter, como pode ser visto nessa página, por onde me dei conta dessa notícia.

Confesso que eu estava em um momento de minha vida agora onde não estava vendo tanta foto de mulher pelada. Acho que a idade vai chegando, e o meu interesse em arrumar uma namorada pra valer está cada vez mais forte do que alguns minutos de prazer ao ver alguns JPEGs com mulheres inteiramente sem roupa. Claro, não deixo de admirar a beleza do corpo feminino, e de vez em quando até vejo uma ou outra foto, mas certamente não com o objetivo de incentivar uma vigorosa "luta de cinco contra um" como a maioria dos marmanjos faz, ao baixar putaria da Internet. Mas toda essa falação a respeito das fotos da atriz nessa revista me deixou curioso, e procurei no Google um site que tivesse as fotos para dar uma olhada.


Algo que os meladores de cueca que vêm por aqui vão ter que fazer. Aqui pode ainda reinar a política do peito aberto, mas esse é o limite. A dita cuja, foco dessa postagem, não vai mostrar a sua cara aqui.

Vi as fotos, e embora não tenha gostado muito de algumas onde ela aparece junto com alguns cubanos (tanto cubanos de gente mesmo como charutos, algo que acho um grande turn-off), até que elas ficaram razoáveis, bem interessantes. Claro que elas estão bem normais, nada de closes ginecológicos e mãos assanhadas: comprando Playboy você vai provavelmente ver fotos com uma veia  mais artística; se quer algo mais sacana, aí vai comprar a Sexy.


Agora, o que eu não entendo é toda essa revolta pelo fato da garota ter deixado sua região secreta de forma mais natural. 

Pra começo de conversa, cada um é cada um, e se ela quer deixar a periquita dela ao natural, que direito as pessoas têm de contestar isso? Tem tanta gente que faz atrocidades com seus cabelos (sim, agora me referindo aos cabelos da cabeça mesmo), penteados ridículos e absurdos, tão cretinos a ponto de deixar os carecas certamente putos diante de tamanho desprezo pelos cabelos que lhes faz falta... E ninguém fala nada, é visto como perfeitamente natural, fala-se que a pessoa tem o direito de ter o penteado que quiser.

Essa merda ninguém reclama!

Por que então a mesma abordagem não vale para a atriz?

Acho engraçado como o pessoal exagera diante da opção de penteado pubiano da capa da revista. É como se o pessoal tivesse ficado puto de não ter tido uma visão tão clara da área nobre da garota. Pombas, afinal de contas ela não estava lá como a Claudia Ohana, que há alguns anos apareceu pelada na Playboy, exibindo uma verdadeira floresta. Claro que eram outros tempos, onde realmente o visual capilar beirava o ridículo...


Correndo o risco de levar uma tijolada nos cornos, vou até dar a minha humilde opinião: eu particularmente não sou muito fã do visual "máquina zero" cada vez comum nas mulheres de hoje. Eu acho extremamente artificial, pouco natural, com o perdão do comentário, dando uma impressão que a mulher parece mais uma menina. Também não sou oito ou oitenta, também não acho muito agradável de ver algo lá que mais parece o Chewbacca. Posso dizer que, um penteado discreto e sutil funciona bem.

Para o bom entendedor, meia palavra basta...

Claro que meu instinto desconfiado me leva também a suspeitar de uma outra possibilidade: de que isso não passa de uma jogada de marketing, promovida ou pela revista ou mesmo pela própria atriz. Com todo o respeito, o ensaio não foi ruim, mas também não foi nada espetacular, não foi algo de surpreender o público: a própria revista da panicat de cabelos rosa, na minha opinião, foi muito mais marcante graças a toda a questão já mencionada. A Nanda Costa também não é aquela personalidade de grande destaque do momento, sua nudez não foi tão anunciada ou divulgada, não foi como a Larissa Riquelme ainda nos holofotes depois da Copa, não foi como a Adriane Galisteu se promovendo como a mulher que o recém-falecido Ayrton Senna estava pegando (aliás, única razão pela qual essa puta ficou famosa). Sem muitos atrativos, ainda mais para uma edição de aniversário, bastaria lançar alguns comentários nas redes sociais para chamar a atenção.

Ou você acha que se ela fosse totalmente depilada teria essa repercussão toda?

Enfim... Acho que chega de falar disso, esse assunto está ficando muito cansativo e já está começando a encher o saco de todo mundo. Sacos depilados e cabeludos, sem exceção...

Nenhum comentário: