domingo, 24 de fevereiro de 2013

Fuderam o metrô

A grande novidade desse fim de semana foi o fechamento das duas últimas estações do Metrô na Zona Sul do Rio, Cantagalo e General Osório. E com isso, é decretado o início da putaria das obras desse meio de transporte, com o qual eu vinha me acostumando a usar recentemente, instituída pelos nossos ilustres governantes filhos das putas Eduardo Paes e Sérgio Cabral. Não tem jeito, essa turma procura sempre encontrar a melhor forma de fuder ao máximo a vida do povo.

Para quem não é daqui do Rio e não conhece, sugiro dar uma olhada nessa minha postagem de algum tempo atrás, onde eu falava de nosso meio de transporte mais retardado e mal planejado, onde você pode ver (ironia on) a ampla rede de estações e o incrível conforto que é viajar no Metrô Rio (ironia off). E as coisas não melhoraram de lá pra cá. Pensando nas obras de expansão da linha, foram aplicadas essas mudanças que resultaram no fechamento das estações.

A estação da General Osório vai ficar fechada por no mínimo 10 meses. Podemos esperar que ela vai ficar fechada muito mais do que isso, uma vez que obra brasileira ser entregue no prazo é tão comum quanto um argentino que não seja arrogante. Por exemplo, a estação da Cidade Nova foi prevista para ser entregue em março de 2010; só abriu as portas em novembro de 2010, e ainda com um esquema putamente escroto de fechar nos fins de semana, não sei por que motivo. Todo esse tempo de obras é para conectar o final da linha 1 com a nova linha 4, que vem desde a Barra. Até lá, temos o fantástico Metrô na Superfície, a porcaria de um ônibus, que terá um ponto na praça General Osório e vai até a Siqueira Campos.

O mais legal é a sugestão que deram...


Realmente... Só aqui nessa pocilga que o metrô não é considerado transporte público. Continuemos...

Por sua vez, a estação do Cantagalo vai ficar fechada por 15 dias, logicamente demorando muito mais do que o previsto. Não sei o motivo, por que precisam fechar essa estação também? Coisas realmente desse planejamento exemplar. O mais absurdo, estúpido e inacreditável é quando essa estação reabrir. Quando isso acontecer, quem embarcar na Cantagalo vai pegar um trem indo até a estação Siqueira Campos, também conhecida como a estação imediatamente seguinte, e terá que trocar de trem para pegar uma nova composição que seguirá na direção da Zona Norte! 

Sabe, é uma estupidez tão grande isso! Não consigo entender... O pobre coitado que estiver vindo dessa estação Cantagalo e quiser ir para alguma das estações da Linha 2 terá que fazer duas baldeações! Por que não colocam a pôrra do trem indo mais uma estação? Alguém pode me explicar isso?

Deixando de lado essa questão abissal de um trem quem faz o trajeto entre duas estações (que dependendo da organização pode levar mais tempo do que pegar um ônibus), acho sensacional como que esses cretinos estão mandando solenemente parte dos moradores de Copacabana enfiar os dedos no orifício retrofuricular e rasgar. Veja o mapinha abaixo...


Nesse mapa eu indiquei com essas bolotas as quatro estações que atendem o bairro de Copacabana. Indo que nem japonês, da direita pra esquerda, temos a Cardeal Arcoverde, que atende o pessoal que vai pra região mais turística do bairro, perto do Copacabana Palace e outros hotéis. Seguindo, vem a estação da Siqueira Campos, bem na região de maior movimento e comércio. A próxima é a famigerada Cantagalo, que tem uma entrada mais escondida mas também uma na esquina da Barata Ribeiro, pega o pessoal ali do Posto 4 mais ou menos. E por fim, temos a estação General Osório, que possui uma "porta dos fundos" no finalzinho da Sá Ferreira, usada pelo pessoal que mora no outro extremo de Copacabana.

Percebeu o problema? Quem mora no final de Copacabana simplesmente se fodeu. Ou vai ter que andar até a Cantagalo, que é um pedaço razoável, ou até a Praça General Osório para pegar os ônibus. Diga-se de passagem que esse extremo de Copacabana é muito mais residencial, e sabemos bem que a população do bairro é idosa e não vai ter como ficar andando tanto assim. 

O mais incrível de tudo é o seguinte: vai ter o maldito ônibus do metrô indo da Praça General Osório até a Siqueira Campos. Pombas, por que não colocar um ponto adicional no meio do caminho, para atender essa região? Como inclusive era há algum tempo, quando a linha terminava na Siqueira Campos, me lembro que tinha alguns pontos desse ônibus no caminho. Deve ser uma tática, para diminuir a quantidade de pessoas que vão usar o metrô, já que do jeito que está duvido que eles vão conseguir atender a demanda.

Esse é um exemplo máximo da incompetência, burrice e sem-vergonhice do povo brasileiro. Todas essas obras e mudanças vão simplesmente estender a já sobrecarregada linha 1, com um trecho que vai até a Barra. Se hoje já é cheio pra cacete, imagina só quando começarem a abrir essas estações. Um planejamento estúpido, que se afasta completamente de idéias mais inteligentes (como a mostrada abaixo), simplesmente para atender de forma destrambelhada a necessidade das Olimpíadas de 2016.


Eu só digo uma coisa: eu já estava me acostumando a usar o metrô para ir e vir do trabalho, apesar de todas as merdas que enfrentava todos os dias, como vagões lotados e gente mal educada, se tratava de um meio de transporte público mais seguro, sem ser influenciado pelos cada vez maiores e mais constantes congestionamentos de nossa cidade (embora muitas vezes tive que aguardar pacientemente durante os engarrafamentos no metrô). Agora, sei lá como vou e resolver, estou vendo que vou voltar aos tempos de fudido da universidade e ter que andar por aí só de busão...

2 comentários:

Anônimo disse...

Um mal necessário. Para a evolução e melhora dos transportes é preciso que aguentemos as obras.

Texugo disse...

A questão que levanto não é ser um mal necessário ou não... Eu me revolto com a falta de planejamento, e a falta de respeito com a população.

Já esperando uma expansão do metrô, por que não construir a estação General Osório já pensando nisso? Mas era mais interessante lançar a obra do jeito que desse, pra que os políticos pudessem mostrar isso, pra que o Lula viesse aqui.

Outra, será que ninguém se deu conta de que essa operaçãozinha de merda de colocar alguns poucos ônibus iria resolver? Pega a quantidade de pessoas que usava diariamente as estações fechadas, colocando mais meia dúzia de ônibus ia desafogar? Sem falar que tudo foi feito assim de surpresa, sem aviso, sem preparação.

Que seja um mal necessário... Mas pelo menos podiam ter um pouco mais de consideração pelo povo...