sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Soneca pra quê?


Sou um texugo trabalhador, e outro dia desses estava viajando a serviço mais uma vez, dessa vez indo para Belo Horizonte. Pena que não tive muito tempo disponível para conhecer a cidade, mas pelo menos tive a oportunidade de desfrutar de um certo turismo gastronômico, tendo a oportunidade não apenas de lamber os beiços com um autêntico doce-de-leite mineiro mas também conseguindo finalmente comer queijo minas em Minas! Sim, estúpido... Próxima meta é tentar comer um pão francês na França.

Mas não vim aqui para comentar a respeito da comida mineira... Nessa viagem, uma vez mais tive o desprazer de ir com um colega de trabalho, que estava lá para outras atividades na mesma cidade. Uma grande coincidência, ou provavelmente uma manobra de minha empresa com a intenção de economizar ao máximo. Já havia dissertado sobre os incômodos de se dividir um quarto com alguém nessa postagem de quase um ano atrás. Pelo menos esse colega de trabalho teve certos modos mais educados e não precisei aturar cheiro de repolho com ovo como na última vez que tive que rachar quarto, e também não houveram roncos durante a noite...

Acontece que não posso dizer que eu tive um sono tranquilo... Durante essa viagem, acabou que esse meu colega estava com compromissos agendados em horários muito mais cedo e em lugares mais distantes do que os meus, logo ele iria acabar tendo que acordar mais cedo. Se por um lado isso significava poder dar minha barrigada matinal sem ninguém no quarto, eu acabei tendo que sofrer com a pôrra do alarme. Chegou lá, perto das cinco da matina e então o alarme do celular do tosco começa a tocar. 


O pior de tudo, com uma baita música viadinha, com um ruídos agudos e floridos e com direito a cachorrinhos latindo. Junte a isso o fato do aparelho também vibrar como se tivesse Parkinson, fazendo a cômoda e tudo que estava sobre ela pular ruidosamente. Pronto, meu sono já havia sido atrapalhado, e logo o alarme parou de tocar, após meu colega desligá-lo. 

Bem, mas depois de uma longa viagem eu estava cansado pra cacete, e logo desabei mais uma vez no sono... Alguns minutos depois...


Sim, o maldito toca mais uma vez! O puto havia colocado a função Soneca, e 10 minutos depois o maldito alarme tocou mais uma vez. Dei uma bufada de raiva, virei pro lado e meti a cabeça debaixo do travesseiro, puto da vida. Para quem pretendia levantar às 7:00, esse alarme realmente estava estragando o finalzinho do meu descanso!

Estava lá, quase adormecendo e querendo de alguma forma voltar para o sonho que eu estava tendo (onde eu tinha em meus braços uma lindíssima russa loira e beijava cada centímetro de seu corpo), e então...


Puta merda, mais uma vez!

Sério, acho que eu acabei proferindo um abafado "pôrra" no meu traveseiro, por que diabos o cretino não havia levantado ainda? Já era a segunda vez que ele tinha colocado o Soneca, cacete! 

Naquela hora, eu já tinha desistido de vez de continuar dormindo... Me virei na direção da cama dele, e depois de me acostumar com a relativa escuridão do quarto, vi que ele ainda estava deitado, e que o celular estava de volta na cômoda. Olhei no meu relógio que indicava 5:20...


Dez minutos depois o alarme toca mais uma vez! Estava lá, observando meu colega. Ele ia lá, pegava o celular, desligava o alarme, olhava para a hora... e depois o colocava de volta na mesa, voltando a cochilar! Sério! 


Passaram-se mais 10 minutos e o alarme tocou pela quinta vez consecutiva! Mas, felizmente dessa vez o sem-vergonha se levantou de vez, indo para o banheiro para dar a primeira mijada da manhã. E eu tentei dormir mais um pouco...

Sei lá, são coisas assim que me fazem ficar revoltado com a sociedade. Nunca entendi o porquê da função Soneca dos alarmes, é uma das coisas que não me faz o menor sentido. Ora, se você tem um horário para acordar, é só colocar o alarme para esse horário e quando ele tocar é só levantar e começar seu dia. Pra quê ficar postergando a hora de levantar dessa forma?

Por exemplo, esse meu colega de quarto aparentemente só precisava acordar às 5:40, mas mesmo assim ele achou necessário colocar o alarme para as 5:00, fazendo quatro cochilos rápidos de 10 minutos entre cada apertada do botão Soneca. Pôrra, por que não coloca logo o maldito alarme para tocar 5:40, e levanta de uma vez?

Nenhum comentário: