domingo, 26 de agosto de 2012

Publicidade Absurda

Como já deve ter ficado evidente em algumas postagens que faço, sou um texugo morador da Zona Sul do Rio de Janeiro, algo que me rende até hoje comentários mais diversos de colegas e conhecidos. Uns que acham que sou rico só por morar nessa região, outros que consideram que eu sou um mero burguês pega-pau dos EUA e do PSDB que é culpado por toda a pobreza da cidade. É, quando seu círculo de amigos inclui alguns petelhos fanáticos, tem-se que se escutar essas baboseiras a respeito de se morar em lugares teoricamente de luxo. 

Enfim, mas o fato de mencionar essa questão sobre a região onde moro é para falar a respeito de um jornalzinho que circula por aqui, o tal do Posto Seis, que é distribuído gratuitamente em vários cantos, e tem até versão online aqui. Trata-se de um jornal de bairro, abordando em um terço de suas páginas notícias e assuntos relacionados ao que acontece no bairro de Copacabana. Sim, apenas um terço é de fato de informação, e que não é lá essas coisas; os outros dois terços são repletos de uma publicidade sem vergonha, exagerada e ridícula. Que é o que deve manter esse jornal, pois certamente a editora não é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos.

Realmente é engraçado pra caramba, confesso que é bem divertido folhear o jornal e rir das propagandas mais escrotas que se pode imaginar, estrategicamente posicionadas entre as notícias que realmente interessam aos leitores. Cada uma mais bizarra do que a outra, mostrando como tem gente que está realmente desesperada para atrair clientes, mas que não quer ou não tem condições de contratar alguma firma de comunicação e publicidade. 

E isso que motivou a minha postagem, mostrar aqui algumas das propagandas mais ridículas que aparecem nesse jornal.

Já começa na capa, onde normalmente temos essa bizarrice, prometendo que a pessoa vai sair de um desenho tosco pior que os bonequinhos do South Park e se tornará o Picasso das galáxias.


Outro engraçado é de uma firma de ultra-sonografia. Por que diabos botam ali do lado um desenho horrendo de uma família genérica, acham que assim vão convencer as pessoas a irem lá?


Algo parecido faz uma clínica de vacinação... Colocam lá o netinho com o vovô e a vovó, que mais parecem ter fugido de algum seriado americano.


Engraçado pra cacete são as propagandas daqueles místicos, que dizem trazer a pessoa amada em alguns poucos dias. Sério, acredito até um pouco em astrologia (com exceção dos horóscopos diários, que é tarefa pra estagiário), mas quando você vê uma peça como o Pai Baiano abaixo, é dose. Ainda cobra 40 pratas!


Ou então você pode falar com a Cigana Zoraya, que mais parece ter fugido da história do Ali Babá.


Uma coisa que acho genial é essa idéia estúpida de achar que colocando a sua cara na propaganda você vai passar credibilidade. Como os dois advogados abaixo. Sério, não me convenceram, ainda mais com essas caras sem graça.


Aliás, sempre me pergunto por que os advogados acham que tem direito ao título de doutor. Pombas, pra mim doutor só quem é médico ou fez doutorado!

Continuando com o circo de horrores e seguindo na mesma linha do "mostre a sua cara", temos o dentista abaixo, o tal do Dr. Ribamar. Sim, esse podemos chamar de doutor.


Agora, pergunto: qual deles é o doutor? Será que são gêmeos siameses? Ou é uma pegadinha, você precisa adivinhar qual deles é o doutor para ganhar o exame grátis. E, suponhamos que o doutor seja o sujeito da direita (afinal, normalmente doutor usa roupa branca): quem diabos é o outro coroa, e o que está fazendo ali?

Agora, a pior de todas é uma coluna do jornal, chamada "Por Dentro do Society", onde tem uma velha coroca ali que se acha a celebridade da Zona Sul, que narra em sua seção os eventos mais "in" que ocorrem em Copacabana, como aniversários de poodles de metidas a grã-finas que moram no Leme ou a festa de aniversário de uma dondoca de nome sofisticado em sua cobertura na Av. Atlântica. Leio essa bosta e perco a fé na Humanidade.


Muito bizarro mesmo essas propagandas. E o pior de tudo: ainda venho aqui e fiz propaganda dos caras de graça!

Um comentário:

Sidnei disse...

Sacanagem... Gosto desse jornal, tem muita coisa interessante lá. Tu devia ter um pouco mais de respeito, os caras dão o jornal de graça pro povo!