terça-feira, 3 de julho de 2012

E acabou a Eurocopa


Bom, nesse domingo acabou mais uma grande competição de futebol internacional, com a final da Eurocopa onde tivemos uma goleada de quatro a zero da Espanha sobre a Itália, comprovando para todo o mundo (e para um estúpido texugo que apostou que a Azzurra poderia surpreender) que a seleção espanhola é sem sombra de dúvida o melhor time de futebol na atualidade, após conquistar três títulos de grande nome, com duas Eurocopas seguidas e uma Copa do Mundo.

Realmente foi um campeonato empolgante. Pode não ser tão legal quanto uma Copa do Mundo, mas certamente é mais interessante e disputado do que uma Copa América, onde só temos a Argentina e o Brasil como grandes potências, com algumas seleções razoáveis como Uruguai e Paraguai podendo surpreender. A Eurocopa reuniu algumas das seleções mais fortes do futebol mundial, fazendo partidas excelentes. Uma pena que, em função do fuso horário, eu só pude assistir mesmo os jogos dos fins de semana, tendo que me contentar em acompanhar via Internet os outros jogos.

Certamente vão haver várias coisas que vão marcar essa competição. Como por exemplo o vexame da Holanda, vice-campeã da Copa do Mundo que não conseguiu somar nenhum ponto sequer. Só não foi pior do que a Irlanda, que estava lá no torneio para zoar mesmo. Tudo bem que a Laranja Mecânica estava no chamado "Grupo da Morte", mas ela poderia ter pelo menos conseguido um empate com a Dinamarca, por exemplo.


Outra coisa que certamente vai ser lembrada é a surpreendente classificação da Grécia. Não apenas por ter um timinho muquirana, mas pelo fato de que ela só passou pois a Eurocopa empregava uma regra meio estranha para ordenar os critérios de desempate, colocando o confronto direto à frente do saldo de gols. Quem se deu mal nessa foi a Rússia, goleou e ficou com um bom saldo, mas acabou voltando pra casa mais cedo.

Também temos que dar destaque a certos jogadores também. Como não falar do CR7, o metrossexual? O atacante português até que jogou bem em algumas partidas, sendo decisivo para que sua seleção fosse mais longe do que o esperado... Mas sem sombra de dúvida ele estava mais preocupado em manter seu cabelo arrumado.


E se tivéssemos que escolher um dos grande nomes da Eurocopa, sem dúvida seria Balotelli. O negão que joga no ataque da seleção italiana foi a grande personalidade, muito mais pelo seu estilo gozador e até mesmo bem arrogante do que pelo seu futebol, que só brilhou mesmo na partida contra a Alemanha. Por exemplo, ele veio a dizer que iria fazer quatro gols na Espanha... Se fudeu, acabou foi é levando de quatro!

Mas o negão proporcionou momentos engraçados, como em um jogo no qual ele cuspiu o isotônico depois de chegar no banco. Parece mais que o colega dele mijou na garrafa para sacanear o pobre do Balotelli...


Sem falar nos inúmeros memes que surgiram, envolvendo a pose de machão que ele fez depois do gol contra a Alemanha.

 
 
 

A Euro também foi marcada pelas belas mulheres... Afinal de contas, as mulheres do Leste europeu são sem sombra de dúvida as mais lindas. E tivemos também a francesinha que tentou adivinhar os resultados.


Enfim, agora que venham as Olimpíadas! Sem dúvida vamos ter muitas coisas engraçadas para falar dos atletas e competições de Londres logo mais.

Nenhum comentário: