sábado, 4 de fevereiro de 2012

Roupa reveladora

Nesses últimos dias teve um evento de música em Cannes, reunindo vários artistas do ramo. Um evento regional, acredito eu, de pequeno porte, visto a divulgação quase zero do mesmo. Bom, a idéia não é falar sobre o evento francês, mas para falar a respeito de uma questão que às vezes me intriga, mesmo sendo algo que a princípio seja agradável de se ver. Tudo motivado pelo vestido bem... revelador que a cantora francesa Shy'm, da qual nunca ouvi falar, usou no dia da festa.


Claro, longe de mim reprimir o vestido dela, a intenção não é essa! Até porque, mesmo mostrando um pouco mais, é algo que na minha opinião está discreto. Seria muita hipocrisia minha vir aqui falar mal dela por usar uma roupa tão reveladora, ainda mais depois das muitas postagens que fiz aqui, principalmente depois da política de "peito aberto". Afinal, sou um texugo macho, e aprecio muito a beleza do corpo feminino. Mas mesmo assim, acho interessante debater essa questão, sobre mulheres que usam esse tipo de roupas transparentes.

Isso é muito comum de se ver naqueles desfiles de moda. Nunca entendi essas merdas... Tudo bem, confesso que é bem interessante ver várias mulheres lindas e fantásticas, desfilando de lingerie e biquinis pela passarela. Outro dia estava zapeando pelos canais e meu dedo travou quando chegou em um desfile da Victoria Secret, em especial graças aquela Miranda Kerr, uma das mulheres mais bonitas na minha opinião, com seu sorriso meigo e jeitinho cuti-cuti...


Foco, não desvia do assunto! De qualquer forma, nesses desfiles (infelizmente não nesse que assisti na TV) é muito comum que algumas peças de roupa sejam bem reveladoras, abusando de transparências, normalmente acompanhadas, ou melhor, desacompanhadas de um sutiã por baixo. Ou seja, uma roupa na qual a mulher deixa seus peitos ali à mostra, por baixo da fina camada de tecido transparente. Ou quando o vestido é simplesmente desprovido de qualquer área de tecido naquela região, deixando os peitos da modelo completamente expostos à brisa da primavera...

Acontece que imagino que apenas 1% das roupas que apresentam nesses desfiles são roupas que as mulheres vão de fato usar nas ruas, o restante é apenas de extravagâncias criadas pelos estilistas, normalmente uma mulher com cara de bunda de orangotango mal amada ou uma bichona afrescalhada que se veste de púrpura, entre essas extravagâncias se incluindo aí as tais roupas transparentes reveladoras. Uma estupidez, na minha opinião diria que as criações de moda deveriam ter algum sentido mais prático, deveriam ser no mínimo baseadas na realidade das pessoas. Uma realidade onde exista roupa íntima, onde as mulheres protegem as partes mais "estratégicas" de seus corpos com calcinhas e sutiãs...

Afinal de contas, usar roupa íntima é algo comum, normal e corriqueiro, pelo menos para as pessoas normais. Eu, por exemplo, jamais iria sair de casa sem botar uma cueca. As leitoras aqui do blog podem confirmar, certamente elas não saem na rua sem vestir o par calcinha-sutiã. Talvez em algumas situações até abrindo mão deste último, como quando coloca uma roupa de festa ou um top, mas mesmo assim roupas que não deixam seus seios à mostra. E, lógico, existe uma condição onde homens e mulheres abrem mão das roupas íntimas, que é quando vão à praia. Mas, não podemos deixar de dizer que um biquini, um maiô ou uma sunga na verdade são iguais às roupas de baixo, apenas preparados para o ambiente da praia e da piscina.

E não, apenas calcão de praia não é algo suficiente! Nunca fui muito adepto de usar sunga, acho muito ridículo e tosco. Se você é uma criança, vá lá, mas depois de adulto fica meio escancarado demais, circular pela praia com todo o volume à mostra. Nos tempos que eu costumava ir na praia sempre colocava um calção, ou mesmo uma bermuda, já que nunca fui de ficar no mar. Acho ridículo esses babacas que ficam aí de sunguinha colada na bunda, é a verdadeira visão dos infernos. Normalmente ou é um desses marombeiros metidos a Hércules que só vai pra praia para impressionar as mulheres com seu corpo (muitas vezes, com sucesso), ou um desses homens "modernos" e afrescalhados que gostam de se exibir, ou então é aquele coroa sem noção total, andando com aquele modelito assustador de camisa regata da Hering, sungão atochado na bunda e chinelo Rider com meia...

Puta merda, que coisa horrível!

Mas pior do que isso é achar que basta andar com o calção só, com tudo ali pendurado e exposto na primeira cruzada de perdas. Sem falar a própria questão higiênica e salutar também, o risco de arrumar algum problema ali entre as pernas é alto. Por isso que quando eu botava calção, estava sempre com uma sunga por baixo (só assim para eu usar sunga), ou mesmo uma cueca. Evitava dessa forma também de pagar o mico que muitos dos meus colegas já pagaram na praia, deixando as mulheres enojadas e assustadas após um movimento mais brusco, principalmente considerando o fato de que esses meu amigos não tinha um certo "controle físico" quando viam na praia as meninas de biquini... Sério, certa vez...

Mais uma dispersão, chega! Preciso de um pouco mais de foco, ou então só acabo esse post na semana que vem. Deixando de lado a questão da roupa de praia, que é um mundo particular, roupa íntima é algo que faz parte de nosso dia-a-dia. Afinal de contas, certas partes mais íntimas de nosso corpo não devem ser expostas aí livremente, não apenas por questões de pudor e decência, mas até mesmo de saúde.

Vale a pena aqui um parênteses, baseado no comentário que um amigo meu fez, certa vez quando discutíamos sobre o mesmo tema (sim, também já estou vendo mais uma dispersão...). Sob um certo ponto de vista, defendido por ele, apenas as regiões dos "Países Baixos" é que poderiam ser consideradas de fato como íntimas. Ou seja, os seios de uma mulher não seriam partes do corpo que necessitariam de proteção, vamos assim dizer. Segundo esse meu amigo comentava, se aquela região fosse realmente algo assim tão íntimo, por que os homens não precisam escondê-la também? Ele usava como exemplo a própria representação de Adão e Eva, onde aquelas folhinhas eram para cobrir as suas vergonhas (ficando grudadas ali sabe-se lá como), não havendo um par delas cobrindo os seios da Eva, embora normalmente seus cabelos ficavam na frente.

Se Adão e Eva não nasceram da maneira "convencional", por que eles tinham umbigo?

Segundo esse meu amigo, excluindo-se "apenas" a questão das maiores dimensões e da funcionalidade adicional de amamentação dos bebês, os seios das mulheres não são de forma prática muito diferentes do peito dos homens, apenas pele e um par de mamilos, e por essa razão não seriam considerados como partes íntimas delas. Comentário que eu particularmente não concordo muito, penso que os seios são sim uma parte íntima, até na minha humilde opinião a parte mais feminina do corpo de uma mulher...

E além disso, se fosse mesmo a mesma coisa, por que então é que eu só fico interessado em ver uma mulher com os peitos de fora, não tendo nenhuma vontade de ver um cara com seu peito cabeludo à mostra, pôrra? Aposto que muitos sujeitos devem concordar comigo, e até mesmo as mulheres, embora certamente devam estar me chamando de tarado e outras coisas, devem seguir também minha linha de raciocínio, logicamente invertendo a ordem dos fatores...

Para fechar essa explicação desse meu amigo doido, ele dizia que na verdade o motivo do sutiã é muito mais físico do que outra coisa, serve apenas para suportar os seios da mulher. Confesso que não faço idéia de como é para as mulheres conviver com um par de peitos, mas imagino que algo para segurá-los e suportá-los é fundamental para que elas possam se mover sem problemas, sem falar que dependendo do "porte" pode ser bem incômodo fazer atividades físicas mais fundamentais.

Tudo bem, é um ponto válido sim... Mas se formos por essa linha, então aquelas mulheres que foram agraciadas pela natureza e genética com seios bem firmes a princípio não teriam necessidade de usar um sutiã, certo? Ou mesmo aquelas que colocaram silicone em seus peitos, dependendo também não seria necessário, eles próprios já se manteriam sustentados por si sós. E podemos até pensar no outro extremo: e aquelas mulheres que são mais retas que uma tábua, por que então elas precisam botar um sutiã se não tem nada para sustentar? Mas essas mulheres, ou pelo menos a maioria delas, não abrem mão da peça de roupa íntima, o que me leva a crer que o motivo de sustentação não é o único...

Tem mais ainda: se fosse apenas uma questão de suportação, por que não os homens mais obesos não usam um sutiã? Sério, tem sujeitos aí que passaram há muito de meros gordinhos e têm pares de tetas maiores do que muitas mulheres por aí (mais do que a francesinha lá de cima, por exemplo), será que os pobres coitados não precisam de sustentação? Mas, realmente parece algo bizarro demais um homem usar alguma coisa como essa, como o Kramer descobriu, ao tentar inventar o "sutião"...


Continuando, aí chego à grande questão que motivou essa postagem (quanta volta eu dei, não foi?), que é o que levaria à mulher a mesmo assim abrir mão do sutiã? O que leva a uma moça como a francesa lá da foto a deixar essa peça de roupa guardada no armário?

Novamente vou para a suposição e teoria, pois não se trata de uma situação pela qual eu passo quando vou me vestir, as mulheres que aparecem por aqui podem comentar se estou indo pela linha de pensamento certa, que já até iniciei alguns parágrafos lá em cima. Penso que uma razão seria, por exemplo, quando elas colocam um vestido de festa mais decotado na frente ou nas costas, onde usar um sutiã seria muito feio e de mau-gosto, com sua alça aparecendo.

Tentando falar numa língua mais masculina para que os leitores possam entender, já que para nós homens essa de dizer que a roupa feia e de mau-gosto é bem mais raro, seria algo absurdo como andar com uma bermuda caída até o meio da bunda, deixando aquela cueca da C&A e parte do cofrinho aparecendo... Claro, só será absurdo se você não for um dos mano que gosta de andar por aí com metade da bunda de fora... Como o velho sem noção da foto lá de cima.

Bom, outra situação que acho que as mulheres adotam o não-uso do sutiã é quando elas querem ficar mais confortáveis, e preferem ficar um pouco mais "soltas". Afinal, não sei se todas as mulheres se sentem à vontade de espremer seus peitos em um sutiã, dependendo pode ser meio apertado e incômodo...

Mais uma vez, tento fazer uma analogia com o universo masculino, para facilitar a compreensão dos colegas homens que vem aqui: por exemplo, o que é mais confortável, uma cueca daquelas apertadas que esmaga as bolas ou uma samba-canção? Deve ser algo parecido... É por isso que muitos homens têm o costume de não usar cueca em casa.

Claro, dispensar o sutiã normalmente funciona quando a mulher possui peitos que são bem mais firmes e de porte mais razoável, onde não venham a provocar problemas como desequilíbrio. Também isso deve ser mais comum quando elas usam blusas e tops mais justos, evitando assim que com muitos movimentos mais amplos se tenha um momento paparazzi (parecido com aquele do calção de praia que citei, porém menos desagradável). E imagino que também as moças não devem fazer isso em dias de frio, a não ser que não se preocupem em ficar visivelmente com os "faróis acesos"...

Mas, e quando a roupa é um pouco mais transparente? Muitas garotas gostam de usar essas roupas de malha bem fininha, quase translúcida, um visual que eu pessoalmente acho muito sexy. Só que, diante de uma situação dessas, certamente usando um sutiã ou um top por baixo, para não deixar tudo à mostra... Como fez a nossa sempre elegante a encantadora Jessica Alba, extremamente linda na foto abaixo, com uma blusa preta fininha... Sensual, mas sem ser vulgar.


Aí é que vem a minha indagação, o meu questionamento de por que tem mulheres que desprezam a proteção do sutiã quando põem uma blusa ou vestido mais fino e transparente? Afinal de contas, você acha que os homens não vão ficar olhando para os peitos dela, muitas vezes acompanhando de rios de baba escorrendo pela boca aberta? Alguém me explique...

Pode ter gente que vai chegar aqui e dizer "ah, deixa de ser hipócrita, seu ________!", preenchendo a lacuna com algum xingamento contra a minha pessoa, "você mesmo coloca aqui fotos de mulheres de topless". Sim, é verdade, coloco sim. Mas, são fotos que foram tiradas com a intenção de serem em topless (ou pelo menos a esmagadora maioria), onde era o objetivo da foto que a mulher estivesse assim, seja por motivos de nu artísitico, seja por motivos de putaria mesmo. É como no Carnaval: embora sabemos bem que trata-se da festa da sacanagem desenfreada, faz parte de certas fantasias que a mulher fique com os peitos de fora. Por mais tosca e absurda que essa última frase possa soar...

Mas a questão que estou levantando é quando a mulher vai se vestir para algum evento, para sair. Aí no caso não estamos falando de uma fantasia, tampouco da gravação de uma produção pornográfica, no exemplo da francesa estamos falando de uma premiação musical. A não ser que a tal Shy'm seja a primeira cantora com mamilos cantantes, não haveria razão para usar tal roupa...

Você, leitora que está aqui visitando o blog e tendo que aturar essa postagem absurda, usaria uma roupa como essa? Colocaria um vestido transparente sem sutiã, ficando toda à vontade? Acho que não, certamente o bom senso e o pudor falam mais forte...

Mas, caso a resposta seja positiva, você enviaria uma foto?

Tá de sacanagem, né?

É brincadeira, apenas uma piadinha infame que não resisti de fazer... Embora tenha a certeza de que isso vai me render alguns xingamentos a mais nos comentários, ou mesmo a perder algumas visitas... Continuemos então, para acabar essa que é uma das postagens mais sem sentido que eu fiz.

Enfim, diria que é tudo questão para aparecer mesmo. Como disse, certamente a mulher comum não iria partir para uma roupa desse naipe, a não ser em situações muito peculiares. Na grande maioria das vezes são atrizes, modelos ou cantoras são quem adotam essa tática da roupa transparente, normalmente em eventos de destaque, como premiações e lançamentos de filmes. É só dar uma vasculhada pela Internet, procurando por fotos de celebridades no tapete vermelho, e certamente você vai achar alguma delas usando uma roupa meio transparente sem nada por baixo, algumas mais discretas, outras mais reveladoras. Por exemplo...


Bom, não sei se a Anne Hathaway é um exemplo bom, pois ela fica sem blusa em seus filmes quase com a mesma frequência que o Tarzã, volta e meia pinta um filme onde ela fica de topless. Mas eu acho ela uma gracinha de linda, uma das atrizes mais bonitas na minha opinião, e se é para botar a foto de uma atriz com um vestido transparente, que seja uma que eu goste, né?

Logicamente, existem aquelas personalidades que são um pouco mais exageradas em termos de se exibir, a ponto de andarem sem calcinha. Bem mais exageradas, pois normalmente andam com vestidos curtos e saem de seus carros de forma estabalhoada, permitindo assim que os fotógrafos façam closes quase que ginecológicos de suas partes privadas...

O mais engraçado é o seguinte, como diz um outro amigo meu: essas celebridades ficam se exibindo, botam uma blusa transparente deixando os peitos à mostra ou abrindo as pernas ao sair do carro sem calcinha... mas quase nenhuma delas topa posar pelada na Playboy! Irônico, não?

Enfim, tudo isso para aparecer para as câmeras... Precisa fazer tudo isso? Quero dizer, acho meio forçado querer atrair os holofotes dessa forma, meio degradante que a mulher apareça nas capas dos jornais e revistas com uma manchete falando de sua roupa reveladora do que por causa de algo que ela tenha feito. Cito o exemplo que usei da própria Anne Hathaway, ela é uma atriz talentosa, super simpática e linda, não precisaria se expor dessa maneira para ser reconhecida.

Se bem que, pensando por esse lado... Você fazia idéia de quem era a Shy'm até ela colocar esse vestido transparente? Nem eu...


Bom, vejamos pelo lado bom: melhor que sejam mulheres desesperadas por atenção que expõem seus peitos para os fotógrafos, do que homens desesperados por atenção que coloquem calças transparentes sem cueca para exibir o seu... Seria bem mais desagradável, né?

3 comentários:

Vera Lúcia disse...

mais um texto só pra clocar as mulheres com vestido transparente! vc é doente! tinha era que te internar, seu tarado!

Alôcka disse...

"então aquelas mulheres que foram agraciadas pela natureza e genética com seios bem firmes a princípio não teriam necessidade de usar um sutiã, certo?"

*Acho que o risco do peito ficar caído futuramente se não utilizarem sutiã é grande, rsrsrs!

"Ou mesmo aquelas que colocaram silicone em seus peitos, dependendo também não seria necessário, eles próprios já se manteriam sustentados por si sós."

*Não sei, e adoraria saber.Mas o silicone deve pesar, será que não tem que usar?

"E podemos até pensar no outro extremo: e aquelas mulheres que são mais retas que uma tábua, por que então elas precisam botar um sutiã se não tem nada para sustentar? Mas essas mulheres, ou pelo menos a maioria delas, não abrem mão da peça de roupa íntima, o que me leva a crer que o motivo de sustentação não é o único..."

*Também tenho curiosidade de saber isso, pois só posso falar por mim, que sempre tive peito grande e garanto que se não usar sutiã a sensação é horrível, esquisita, parece que aquela massa toda vai despencar.
Correr, só com top um número menor.Chato isso.Uma vez fui correr com um amigo e ele me pediu licença meio envergonhado e perguntou como era pra uma mulher correr com peitões, kkk, ainda bem q eu levo tudo no bom humor.Mas viu como tem mais gente com dúvidas?
Na década de 90, quando era adolescente, meu sonho era uma redução, justamente pra não ter que usar sutiã, ehehe!
Naquela época, não existia essa valorização do tamanho grande do seio feminino que se vê hoje, já cheguei mais de uma vez chorando em casa por ser zombada na rua pelos moleques com nomes e trocadilhos, fora o "bullying" em família.
Hoje em dia é o inverso, né?Mês passado comprei um vestido jeans com um decote, mas costurei a frente dele de um outro jeito, pq quero poder sair na rua em paz,sem os babões encarando e murmurando coisas inconvenientes.
Sei lá...ter peito...acho chato. :P


Pronto, uma opinião feminina!
E a parte sobre sungas, ri muito!Concordo!
^-^

Texugo disse...

Legal, obrigado por mais um comentário, pra variar vem uma pessoa aqui que não pede a minha caveira e faz um comentário legal! :)

E é bom ver essas questões, trazendo aqui uma opinião feminina sobre o assunto. Não faço idéia como deve ser para vocês mulheres, fico nas minhas suposições...

Sobre os babões, é verdade... :P Claro, confesso que às vezes é difícil andar na rua e não perceber uma garota mais "bem dotada"... Mas é raro, fico sem jeito de deixar a garota incomodada. Embora tenha amigos que não têm limite, que ficam ali congelados e só falta enfiar o nariz no meio do decote da mulher!