segunda-feira, 25 de julho de 2011

Toalha de hotel

Imagino que o leitor que está aqui de passagem no blog menos visitado (e relativamente bem xingado e hostilizado) já deve ter feito alguma viagem, pelo Brasil ou pelo mundo. E provavelmente deve ter ficado em um hotel, a não ser que tenha ficado em casa de amigos ou parentes, ou prefira se acomodar debaixo da ponte. Não duvido que ao entrar no banheiro de seu quarto, você se deparou com um aviso similar a esse.


Sim, é cada vez mais comum ver esse tipo de pedido a respeito das toalhas. De uma forma geral, deixando a toalha usada pendurada, você indica que ainda vai reuntilizá-la, não sendo necessário que a camareira a substitua por uma nova. Isso só é feito se você largar a toalha no chão. É uma das poucas vezes que uma atitude desleixada como largar a toalha em qualquer canto do banheiro é admissível. Quem dera que eu pudesse fazer a mesma coisa com minhas cuecas...

Enfim, tudo isso não se trata de uma tática feita à toa. A intenção é reduzir o desperdício e preservar o ambiente. Afinal de contas, para lavar as toalhas consome-se água, lavando-se menos as toalhas estamos economizando esse recurso natural tão fundamental para o nosso planeta. Pode parecer bobagem, mas pensando em um hotel com aproximadamente 100 apartamentos, com dois jogos de toalha por quarto (o que é comum), se metade dos hóspedes reutiliza sua toalha, certamente é uma quantidade bem grande de água que se economiza.

Tem até alguns hotéis que adotam uma política ainda mais "verde". Como fazem nos populares estabelecimentos da rede Íbis, facilmente encontrados em qualquer cidade e perto de aeroportos: eles por exemplo plantam uma árvore para cada 5 toalhas reaproveitadas.


Claro que no final das contas os hotéis não incentivam o reaproveitamento das toalhas apenas pela questão ambiental... Lógico que eles não reclamam da economia que estão fazendo em água e detergente. Mas vamos não pensar por esse lado por enquanto...

Embora eu não seja um eco-chato paranóico, sou um texugo que procura ter práticas, digamos, environment-friendly. Existem certas pequenas coisas que podemos fazer em nosso dia-a-dia que certamente não dão muito trabalho e colaboram para evitar o desperdício de certos recursos e minimizar a agressão dos seres humanos com a natureza. Coisas simples como jogar o lixo na lixeira ou não deixar a torneira aberta quando escovamos o dente ou fazemos a barba. Dessa forma, não custa nada reaproveitar a toalha, e de quebra ajudar ao meio ambiente...

Até porque pergunto: com que frequência você costuma lavar a toalha que você usa em casa? Certamente ela não deve ir para a máquina de lavar diariamente... Então não há nada demais em você aproveitar a mesma toalha durante sua estada em um hotel, o que provavelmente não será mais que alguns dias. A não ser que a toalha fique toda amarela depois que você se enxuga ou ela seja capaz de ficar em pé sem ajuda de ninguém... Mas aí nesse caso o maior dos problemas não tem a ver com a troca de toalha, mas sim com noções elementares de higiene.


Bom, mas aí sempre acontece uma coisa engraçada, pelo menos comigo sempre é assim. Vou lá, tomo meu banho de manhã e deixo a toalha pendurada, para que eu possa usá-la mais tarde. Normalmente acabo ficando fora o dia inteiro, seja por motivos de trabalho ou por estar aproveitando minhas férias, e retorno no final da tarde ou de noite. E quando chego no banheiro, vejo que mesmo tendo deixado a toalha pendurada, ela foi trocada!

Cara, isso acontece em qualquer lugar... Já fiquei em hotéis de todos os tipos, desde espeluncas xexelentas com baratas, hotéis caseiros do interior, redes econômicas para pernoites e até estabelecimentos de certo luxo. Em todos eles as toalhas são trocadas diariamente, independente de onde elas foram deixadas, não fazendo diferença do quanto o hóspede se preocupe com o meio ambiente.

Fico me perguntando por que isso acontece... Afinal de contas, estamos fazendo a nossa parte, tentando aproveitar as toalhas, mas o hotel parece cagar e andar para isso. Será que esses avisos são só para posar de "ecologicamente corretos", mas na verdade são os maiores poluidores do planeta. Ou então as camareiras não fazem idéia de que precisam deixar as toalhas penduradas, será? Pode ser até um complô das lavanderias do hotel, já que a redução das lavagens iria também provocar demissões do setor...

Alguém sabe me explicar o motivo disso? Todas as vezes quando viajo penso nisso, acho que vou ter que botar um mega aviso colado na toalha para dizer "olha, eu quero ajudar com sua política pró-ambiente, não troque a p%&&@ da toalha!"

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá,

Estou verificando os casos de toalha no chão para implantar no hotel, e todos os comentários que li são parecidos com o seu. Acredito que o erro é a falta de orientação e treinamento das camareiras. O seu post me ajudou a verificar possíveis futuros erros e preveni-los com antecedência.

Texugo disse...

Obrigado pela visita. Realmente é algo muito comum, acredito que seja mesmo uma questão de orientação das camareiras. Imagino que seja uma grana alta pra lavar todo dia centenas de toalhas, sem falar em toda a questão ambiental.