domingo, 3 de julho de 2011

Aumentem o fim de semana!


Essa tirinha do Calvin diz tudo... Por mais que eu tente, os domingos são dias bem enjoados, pois no fundo há aquela sensação de que a alegria está acabando, e a segunda-feira está chegando. Junto com ela, volta a preguiça de acordar cedo, o desânimo para encarar uma viagem de ônibus ou metrô, o dia-a-dia estressante do trabalho e a chateação de saber que você só terá algumas poucas horas para fazer suas coisas, após cumprir com todos os afazeres da casa... Como outro personagem dos quadrinhos costuma dizer, a segunda-feira é uma droga.



O que mais me chateia é o fato de que o fim de semana é estupidamente curto! Pombas, apenas dois dias... Normalmente você chega na sexta-feira cansado, esgotado da semana, e no sábado só acorda mais tarde para recuperar as energias. Porém, a manhã do sábado é também o dia que sobra para fazer algumas coisas na rua, já que lojas e outros serviços estão abertos nesse período, e resta apenas esse momento para você fazer/comprar/resolver coisas que são impossíveis de serem feitas durante a semana...

E quando você se dá conta, já é domingo. Aí é como o Calvin diz, é como desfrutar de sua última refeição antes da execução. Tentamos nos distrair, aproveitar ao máximo o dia, mas desanima saber que na manhã seguinte recomeça toda a luta. E nunca é suficiente, sempre quando me deito na cama no domingo de noite fica aquela sensação de que o fim de semana não foi suficiente, de que deixei de fazer muita coisa que eu queria ou precisava, e que vai ter que esperar mais uma semana...

Cacete, o fim de semana é muito pequeno mesmo, insuficiente para que possamos fazer nossas coisas e desfrutar de lazer o suficiente para recarregar as energias e enfrentar mais uma semana de trabalho. Os números não mentem, para cada 5 dias de trabalho, apenas 2 dias de descanso. Principalmente agora nesse segundo semestre, onde só teremos em novembro um feriado prolongado, e o Natal e o Ano Novo caem no fim de semana...

Aliás, isso me levou a curiosidade a saber quem foi o filho da puta que disse que o fim de semana só teria 2 dias. Agora a razão é bem interessante, de origem religiosa. Como todos devem saber, quando Deus criou o Universo ele descansou no sétimo dia. Se dependesse apenas disso, nosso fim de semana seria apenas o domingo, uma grande injustiça... Tudo bem, podem dizer que eu estou reclamando demais, pois Deus trabalhou por seis dias para criar, bom, simplesmente tudo. Mas afinal de contas, Ele é Deus, acredito que mesmo para criar todo o Universo ele não precisou de muito esforço. Também ele não tinha que pegar um ônibus lotado ou aturar um chefe enchendo seu saco todos os dias, né? Um dia para nós, meros mortais, seria muito pouco...

E esse dia de domingo viria a ser para os cristãos o dia sagrado, para ir à missa. Cara, ainda bem que não sou religioso, ou então seria metade do domingo indo para o ralo toda a semana. É, sou que nem o Homer Simpson, naquele episódio que ele desiste de ir para a igreja e fica em casa aproveitando a vida...


Temos que agradecer aos judeus pelo sábado também fazer parte do fim de semana. Para eles, o sábado é o dia sagrado e não o domingo. Dessa forma, algumas leis laborais nos EUA definiram que tanto o sábado como o domingo não seriam dias de trabalho, de forma a atender às necessidades religiosas de cristãos e judeus, o que foi replicado para quase todo o mundo...

Se bem que não são todos os lugares que são assim. Para os muçulmanos, a sexta-feita é o dia santo. Alguns desses países que seguem essa religião dessa forma têm seus fins de semana na sexta e no sábado, havendo alguns poucos onde ele ocorre na quinta e sexta. Mas ainda sendo apenas dois dias...

Bom, não podemos reclamar muito, pois tem lugares onde o fim de semana é de apenas um dia mesmo. Como é o caso da "democracia exemplar" do Irã, onde a turma só pára na sexta-feira... Mais um motivo para o país do Mamute Armandinho e Jade ser um dos piores lugares para se viver...

Se bem que isso me deu uma idéia... Se a sexta-feira é o dia sagrado dos muçulmanos, acho que vou dizer para meu chefe que mudei de religião... Assim eu teria um fim de semana de 3 dias e 4 dias de trabalho, aí fica um pouco mais na média, não acham?

Só para deixar claro, estou brincando, ok? Antes que chegue uma enxurrada de comentários de pessoas querendo me enforcar...

Nenhum comentário: