quinta-feira, 2 de junho de 2011

Streets of Rage Remake... proibido!


Você já deve ter percebido que eu gosto bastante de jogos de videogame, foram já várias postagens sobre o assunto. E nunca escondi o fato de ser um fã da geração mais antiga de jogos, na minha opinião mais originais e divertidos. Tudo bem que hoje temos verdadeiras obras-primas que se destacam pela qualidade gráfica e realismo, mas sempre ainda acho divertido os clássicos até a geração de 16-bits. Começando lá nos primórdios do Atari, pulando na cabeça de jacarés e perseguindo fantasmas em labirintos, até a era do Mega Drive, correndo por loops com o Sonic e lançando Hadoukens com o Ryu.

E acredito já ter mencionado isso aqui um dia, que eu sempre fui um seguidor dos consoles da Sega. Comecei com o Master System e cheguei até o Dreamcast, passando pelo Mega Drive e pelo Saturn. Não sei porque, mas simpatizei mais com os consoles da empresa do porco-espinho azul do que com os do encanador bigodudo. Talvez pelos consoles da Sega trazerem jogos muito empolgantes, e um de meus preferidos sempre foi o Streets of Rage.

Eu pretendia (e ainda pretendo) fazer uma postagem mais detalhada sobre a série de jogos de pancadaria mais famosa dos consoles da Sega, mas recentemente ocorreram alguns fatos que motivaram essa postagem. A série sempre teve uma grande legião de fãs, e alguns deles tiveram uma idéia fenomenal de criar um jogo baseado na série. Tratava-se do Streets of Rage Remake, cuja idéia era trazer todos os jogos da série juntos, com uma série de elementos novos., desenvolvidos pela equipe do site Bombergames. Após lançar uma primeira versão beta alguns anos atrás, ficamos esperando ansiosos pelo lançamento final. E após 8 anos desde o início do projeto, quando eu já imaginava que nada iria sair, no início de abril o jogo foi finalizado e disponibilizado gratuitamente para todos!

Bom, era pra ser uma notícia legal... Mas menos de 10 dias depois, a Sega entrou em contato com o pessoal que desenvolveu o Remake, e ordenou que ele fosse tirado do ar... Segundo nota divulgada pela Sega, era necessário para proteger a propriedade intelectual da empresa...

Sabe, uma grande sacanagem tudo isso! Proteger propriedade intelectual é o caralho! Trata-se de uma série de jogos antiga, que a Sega largou de lado por décadas e nunca teve interesse em manter ou em criar novos jogos. Aí admiradores da série fazem um trabalho excelente de desenvolver um jogo do zero como homenagem, e esses putos vêm e dizem que não pode divulgar para proteger a propriedade intelectual? Sério, vai chupar um prego...

Eu só dei conta que o jogo havia sido lançado depois da proibição da Sega, por sorte conseguir achar um site onde alguém estava redistribuindo, ou eu estaria muito puto... Depois de esperar tantos anos para ver esse jogo, imagina não poder jogá-lo?

Uma coisa que acho engraçado é o seguinte: o Streets of Rage Remake é um projeto bem longo, como disse foram 8 anos de desenvolvimento. Acho difícil, na verdade impossível que a Sega não estivesse ciente da criação desse jogo durante todo esse tempo, ainda mais considerando que segundo os criadores ela foi contatada e não demonstrou nenhuma ressalva. Até porque o jogo viria a ser freeware, ou seja, ninguém estaria lucrando às custas da Sega...

Ora, se afinal de contas o jogo iria a ser algo que infringiria os direitos da Sega, por que eles não falaram disso antes? Foram esperar o jogo ser lançado para dizer isso? Sério, muita putaria por parte da Sega, parece que quer que os caras se dediquem pesado, usando suas horas vagas para desenvolver algo, e quando finalmente terminam é que jogam o "balde de água fria", silenciando o projeto. É muita maldade... Sério, se fosse comigo, mandava tomar bem no meio do olho do c...

É desanimador ver toda essa sacanagem... Em vez de agradecer a fãs que mantém viva a história de um dos melhores jogos de luta já criados através de um projeto fantástico, fruto de muito esforço e dedicação, a Sega preferiu dar uma pisada em cima deles e de todos nós. Caiu no conceito comigo Sega...


Um comentário:

Alôcka disse...

Nintendo é melhor, ahahaha!!!
Brincadeira, nada de brigas!
Nunca tive muita oportunidade com a Sega, sempre fui "nintendista".
Mas Streets of Rage é bom, jogava no fliper e tinha inveja do cabelo da Blaze, pode isso?