domingo, 12 de junho de 2011

Mais uma de nossa "Injustiça"...


Estou um pouquinho atrasado, mas queria me dedicar bem a essa postagem polêmica. No final do ano passado, destaquei como o nosso ilustríssimo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou o governo largando mais uma de suas decisões revoltantes, ao negar a extradição do terrorista e assassino Cesare Battisti de volta para a Itália...

Pois bem, nessa semana a nossa tão exemplar "Justiça" brasileira, representada pelo Supremo Tribunal Federal, concluiu por 6 votos a 3 que a extradição de Battisti de volta para a Itália teria que ser negada. Com isso, esse criminoso, responsável pelo assassinato de 4 pessoas, agora é um homem livre...

Cara, esse país de merda realmente não corre o menor risco de dar certo. Aqui é realmente um paraíso de impunidade, só no Brasil para vermos um assassino ser considerado um cidadão livre, como eu e você. Simplesmente é inconcebível para mim entender isso, baseado em que esses seis ministros responsáveis pela soltura de Battisti, julgado e condenado pela justiça italiana, acham que ele tem que ficar livre?

O mais legal de tudo é ver que filhos das putas virem com o argumento de que essa decisão de trata de uma defesa da soberania nacional. Me desculpe, mas soberania nacional é o caralho! Alguém podia me explicar o que é essa baboseira de soberania nacional? Pra mim isso é só balela para justificar atos xenófobos, contra países que não compartilham da mesma visão de democracia que esses petralhas comunas. Fala sério, vem me falar de soberania nacional quando a população morre de fome e não tem acesso à educação e saúde?

Esse é o resultado que temos ao colocar os petralhotários no poder... Essa turminha ainda tem aquelas idéias atrasadas na cabeça da época da Guerra Fria, como todo esse papo estúpido de burguesia que oprime o proletariado e ostentando o martelo com o foice. Puta merda, até o Zangief se atualizou, deixou pra trás a União Soviética e agora luta pela Rússia capitalista...


É um absurdo toda essa história da liberação do Battisti, quem eles querem enganar ao dizer que se trata de uma decisão respeitando a justiça brasileira? Só fazem isso porque ele é um companheiro de luta a favor do comunismo, quero ver se fosse um assassino de comunistas na época da ditadura se ele não ficaria trancafiado por aqui... Aliás, nem é preciso imaginar muito, é só comparar com outro caso de deportacão que ocorreu alguns anos atrás.

Lembra daqueles dois pugilistas cubanos? Depois do panamericano aqueles dois atletas não queriam voltar para Cuba e pediram asilo político aqui no Brasil. Só que nessa situação, não apareceu nenhum desses ministros filhos da puta fedidos para clamar por soberania nacional... Pegaram os dois e deportaram de volta para os braços do governo de Fidel Castro. Foi coisa de algumas semanas, se me lembro bem. Isso mesmo, nenhum papo de soberania, nenhuma ordem de nosso ilustre presidente, atenderam às exigências do governo cubano. Afinal de contas, Cuba faz parte do time de países aliados dos petelhos...

Mas quando a gente fala de um terrorista, assassino de quatro pessoas inocentes, que já foi julgado e condenado pela justiça de um país democrático de verdade, aí não pode mandar de volta... Chegamos e temos praticamente uma ordem vinda do Imperador Inácio I, o Sapo Barbudo, dizendo que Battisti não será mandado de volta para a Itália, e nossa Justiça concorda... Afinal de contas, um cara que era integrante de um grupo que se denominava "Proletários Armados para o Comunismo" deve ser gente de bem...

Esse é o Brasil do PT...


Nenhum comentário: