sábado, 25 de junho de 2011

Duke Nukem Forever... finalmente

Como de costume, as notícias aqui chegam um pouquinho atrasadas, mas chegam. E essa daqui é muito legal: finalmente, depois de muita especulação, foi lançado o tão esperado jogo Duke Nukem Forever! Isso aí, nosso amigo Duke está de volta com muita ação e tiroteios, no meio de mulheres semi-nuas, alienígenas em forma de porcos e frases de efeito que fariam o Arnold Schwarzenegger ficar encabulado.

Duke Nukem surgiu numa época em que os FPS (first person shooters) estavam começando. Juntamente com clássicos como Doom e Quake, Duke se destacava por ser um jogo de gráficos muito mais empolgantes, ter uma história hilária e um humor negro único. Citei o Arnoldo ali em cima pois eu sempre me lembrava do filem Comando para Matar quando jogava Duke Nukem, pois volta e meia o herói soltava uma frase bizarra, como um "Die, you son of a bitch!" ou "I'm gonna get medieval on your asses", depois de reduzir um porco a uma pilha de tripas, igualzinho ao John Matrix no filme.

"A coisa mais importante pra você agora é a Lei da Gravidade..."

E o Duke Nukem 3D tinha tudo isso e muito mais. O que mais chamava a atenção eram os pequenos detalhes, como encontrar um alienígena cagando na privada (muito legal dar um tiro de escopeta na cabeça do bicho quando ele tá ali soltando um barro), as mulheres que tiravam a parte de cima do biquini quando Duke lhes dava dinheiro e aquele chefão que o Duke Nukem arranca a cabeça fora e depois caga no seu pescoço mutilado. Politicamente incorreto é pouco para esse jogo, que sempre foi um de meus favoritos.

Duke Nukem Forever foi por anos uma grande piada da indústria dos videogames... Tido como a continuação direta do famoso Duke Nukem 3D, ele foi adiado várias vezes, sendo lançado quase que 15 anos depois. A questão é que muita gente reclamou bastante do jogo, vendo Duke Nukem Forever como uma decepção enorme. Tem sites que chegaram a dar nota zero para o jogo, o que eu acho injusto...


Ainda não joguei o jogo, primeiro preciso dar um upgrade em meu computador... Mas vendo fotos e vídeos parece que Duke Nukem Forever é, com o perdão do palavreado, do caralho! Talvez ele não tenha a mesma qualidade gráfica de outros FPS atuais, mas ele tem um diferencial incrível: ele tem o Duke Nukem! E com isso já podemos esperar a mesma pouca vergonha e tosqueiras. Por exemplo, nesse jogo Duke pode mijar também nas privadas, dar dinheiro para as gostosonas e até mesmo assinar o seu livro para um moleque com cara de bunda. Fala sério, agora você pode até mesmo pegar bosta das privadas e ficar jogando, com o Duke falando "What am I? A monkey?"


E os inimigos estão de volta, como os porcos policiais, os cérebros com tentáculos de polvo e aqueles bichos gordos que ficam numa navezinha, que segundo Duke são "grandes tigelas de almôndegas que disparam mísseis de seu orifício anal".



Podem falar o que for, eu vou arrumar esse jogo e me divertir. Sei que hoje em dia tem muitos babaquinhas que acham que o jogo tem que ser ultra mega realista, e só aceitam jogos de tiro como Call of Duty ou aqueles outros que se enfrenta outros jogadores online. Nunca escondi o fato de eu ser um jogador "old-school", e jogo de tiro em primeira pessoa é Duke Nukem!

"It's time to kick ass and chew bubblegum... and I'm all out of gum..."

Nenhum comentário: