segunda-feira, 2 de maio de 2011

Bin Laden já era!

Maravilha! Hoje é um dia histórico, o mundo (com exceção dos anti-americanos de plantão) comemora um grande feito, esperado por quase uma década: finalmente mataram aquele filho da puta do Osama Bin Laden.

Já foi tarde, barbudo filho da puta!

Um grupo das forças especiais norte-americanas (os implacáveis Navy SEALs)invadiu uma mansão, localizada próxima à capital do Paquistão, e depois de uma rápida troca de tiros o cretino do Bin Laden teve a sua história finalmente encerrada. Fantástico, executaram o calhorda desse terrorista covarde, como o rato que é, com um tiro no meio dos cornos.

"Pôrra, estragaram o velório do Osama, rapá!"

Milhares de pessoas foram às ruas de New York e Washington, comemorando o feito como se os Estados Unidos tivessem ganho a Copa do Mundo. E tem mais que comemorar mesmo, a morte desse assassino é algo fenomenal, é a certeza de que a justiça pode tardar mas chega, de que os criminosos sociopatas que covardemente matam inocentes só para defender a sua ideologia estúpida.

O que eu tenho certeza é que deve ter muita gente que lamentou a morte desse vagabundo do Bin Laden. Os mesmos anti-americanos que em 11 de setembro de 2001 comemoraram os atentados, que acharam justo que os EUA sofressem com o terrorismo, que riram ao ver pessoas desesperadas se jogando do World Trade Center, que alopraram ao defender que tudo não passou de uma conspiração do Bush para justificar a guerra.

De qualquer maneira, foi feita a justiça. Para mostrar para essa turma que no fim o bem sempre prevalece, e que covardes que matam pessoas inocentes e aterrorizam o mundo estão destinados a morrer nos braços do capeta.

Eu, eu, eu... O Bin Laden se f...

Nenhum comentário: