domingo, 27 de março de 2011

Earth Day


Ontem, dia 26 de março, foi o tal do Earth Day. Aquela iniciativa de uma ONG que não me recordo o nome, com o objetivo de conscientizar as pessoas dos problemas ambientais, como aquecimento global e escassez de energia. Para isso, as pessoas foram incentivadas a desligar todas as luzes de suas casas durante uma hora, ato realizado também pelas prefeituras e governos, que às 20:30 de ontem deixaram monumentos às escuras, como os Arcos da Lapa e o Cristo Redentor.

E lá vamos nós para mais uma opinião polêmica, de um singelo e revoltado texugo...

Sim, acho esse tal de Earth Day uma grande duma babaquice! Coisinha mais escrota dessa de ficar apagando as luzes, eu ontem estava aqui da mesma maneira de sempre, estava inclusive lendo um livro... Como é que eu iria ler a merda do livro com a luz apagada? Isso mesmo, não apaguei pôrra nenhuma e minha noite de sábado transcorreu sem grandes mudanças, com todas as luzes necessárias ligadas...

Podem vir agora os os "verdes" me criticarem, não duvido que vão dizer que não ligo para o meio ambiente, que sou o responsável pela destruição da Terra, que sou o causador do aquecimento global e que vou provocar o fim da Humanidade. Podem falar à vontade, já estou acostumado a receber críticas aqui de petelhos, pseudo-patriotas e defensores dos "bons costumes".

Mas aí faço uma pergunta a essas pessoas, que estão agora de cabeça erguida e se sentindo verdadeiros defensores do meio ambiente por terem desligado as luzes durante uma horinha ontem: será que vocês realmente têm toda essa preocupação e consideração pela preservação de nosso planeta?

Bom, posso não ter apagado as luzes aqui de casa ontem, mas a minha consciência está tranquila, pois ao contrário de muitos desses cretinos que vão me crucificar, eu procuro sempre na medida do possível ter uma postura em defesa do meio ambiente. A diferença é que não tenho essa postura durante apenas uma hora por ano... E depois vão dizer que eu não ligo para o ambiente...

Na minha opinião, mais importante que participar de um movimentozinho sem vergonha que ocorre durante apenas uma hora por ano, é que as pessoas se conscientizem da importância que é cuidar do meio ambiente e adotem uma postura a favor disso durante sua vida cotidiana. E isso vale para todos os dias, não é apenas apagando as luzes de sua casa durante uma hora que os problemas que colocam em risco nosso planeta vão ser resolvidos.

Digo isso pois tenho certeza de que tem muitas pessoas que deixaram suas casas às escuras ontem, mas que nos outros dias do ano deixam luzes acesas em aposentos vazios, largam o chuveiro ligado ou a torneira aberta sem necessidade, andam por aí com um carro velho que solta fumaça ou jogam lixo nas ruas e rios. Hábitos realmente nocivos para o meio ambiente, mas que ninguém se preocupa em evitá-los, cagam e andam para as graves consequências que a poluição e o desperdício podem trazer para as gerações futuras...

Mas aí é só apagar todas as luzes durante uma hora em um dia, e ficam dizendo que se preocupam com o meio ambiente, se achando melhores que o Capitão Planeta... Fácil, não?


Isso pra mim tem um nome, e se chama hipocrisia. Não adianta nada ficar achando que só porque desligou todas as lâmpadas de sua casa ou apartamento que você é uma pessoa preocupada com o meio ambiente, ainda mais quando nas outras 8.759 horas do ano (8.783 num ano bissexto) você deixa a luz de um quarto vazio acesa ou um ar condicionado ligado com a janela aberta.

Não quero ser generalista, e ainda tento acreditar que alguns cidadãos possam ter entendido o recado após participar do Earth Day e venham a mudar seus hábitos. Mas eu sou realista, sei que essas pessoas representam apenas um grão de toda a areia da praia de Ipanema, e que a maioria esmagadora não precisou de algumas horas para se esquecer do Earth Day.

É só ver o maravilhoso exemplo que nosso governo dá: chegaram ontem e apagaram as luzes de vários monumentos e atrações aqui do Rio, mas amanhã é só dar uma andada pelo calçadão ou no Aterro para ver dezenas de postes de iluminação totalmente acesos durante o dia... Cadê toda essa consciência ambiental agora?


Esse Earth Day é mais um exemplo de iniciativas que só servem para fazer modinha, para ficar bonito na foto e nos jornais... É só para um bando de paspalhos ficar aparecendo, para chegar na segunda-feira na faculdade e no trabalho e dizer "ah, eu desliguei as luzes no sábado, e fiz a minha parte". Bobeando tem gente que nem faz idéia do que pode fazer para ajudar na preservação de nosso planeta, mas que desligou as luzes ontem pois era o assunto de que todos falavam, e não queriam ficar de fora.

É como outras datas que presenciamos durante o ano, que parecem como a única oportunidade para você fazer algo de legal por alguém. Por exemplo, é muito bonito no Dia Internacional da Mulher os marmanjos ficarem falando frases bonitas sobre as mulheres, dizendo o quanto elas são especiais e tudo mais, mas no dia seguinte voltam as diferenças, maus-tratos e desrespeito por elas. Ou as pessoas que vão na missa, escutam o sermão do padre, se confessam e comungam, e chega na segunda já estão xingando, mandando todo mundo tomar dentro e prejudicando o próximo. E até mesmo o carinha que chega no dia 12 de junho e faz um monte de mimos para a namorada, leva pra sair e banca o Don Juan, enquanto que nos demais dias prefere jogar bola ou beber com os amigos, só se lembrando dela quando mais lhe convém...

É muito fácil respeitar as mulheres, levar uma vida de bem ou agradar a namorada por apenas algumas horas do dia. Assim como é muito fácil posar de defensor da Terra e do meio ambiente por apenas uma hora. Quero ver é fazer isso sempre...

Nenhum comentário: