domingo, 20 de março de 2011

Destruindo canais de TV...

Hoje em dia é bastante comum as pessoas terem TV a cabo. Uma grande variedade de canais, com vários filmes, séries, eventos esportivos e tudo mais. Eu pessoalmente não conseguiria suportar se eu tivesse apenas a TV aberta à minha disposição, tendo que aturar baldes de vômito como Faustão, Gugu, Raul Gil, Luciana Gimenez e as novelas da Globo. Dos canais "padrão", só dá para assistir os jornais, algum jogo de futebol ou a overdose de episódios do Pica-Pau que costuma passar agora na Record...

Já deu para perceber que eu sempre gostei muito de assistir desenhos animados. Personagens clássicos como Pernalonga, Frajola, Popeye, Scooby Doo e o Coiote sempre foram aqueles que mais me divertiam... Também séries animadas mais adultas, como Simpsons, Family Guy e Futurama. E em alguns momentos até mesmo as animações japonesas (os animes), apesar de eu gostar mais dos antigos. É a melhor coisa que tem, basta alguns minutos de uma boa animação para dar algumas gargalhadas e melhorar o humor.

E para uma pessoa como eu, tem alguns canais de televisão que atendem a esse desejo por bons desenhos animados, sendo que o mais badalado e conhecido é o Cartoon Network. Mas lá passa de tudo, com um ligeiro favorecimento às produções próprias. Nada contra, certos desenhos como o Laboratório de Dexter e as Meninas Super Poderosas dão até para assistir, mas tem umas merdas insuportáveis como Ben 10 e Chowder, que tiram o espaço de desenhos mais legais...

Mas para isso haviam dois canais adicionais que traziam outros desenhos, de uma forma mais tematizada. Um dos meus preferidos era o Boomerang, que fazia realmente a sessão nostalgia, e trazendo em sua programação clássicos como A Formiga Atômica, Manda-Chuva, Jonny Quest, Os Impossíveis, Space Ghost e até mesmo os filmes do Snoopy. Era de se emocionar, reviver as boas lembranças de ver esses desenhos super legais na manhã de sábado. Até o Homem Pássaro estava lá!


Tanto que uma das vinhetas do canal remetia realmente a essa questão da nostalgia, com crianças representando adultos que voltam à infância a ver os desenhos animados...



E o outro canal era o Animax, cujo foco era nos desenhos japoneses. Não o assistia muito, por não ser muito fã e a imensa maioria era de novos desenhos, muito doidos e psicodélicos para meu gosto. Mas dava pra assistir clássicos como Neon Genesis Evangellion e o hilário Crayon Shin Chan. Tinha também um dos que mais gostava nesse canal, o Cosmo Warrior Zero, que na verdade era quase como uma reedição do meu anime favorito, o fantástico Patrulha Estelar...


Bom, você percebeu como eu usei todos os verbos acima no passado? Como "haviam dois canais", "era o Boomerang", "era o Animax"... Sim, porque esses canais acabaram sendo destruídos por produtores estúpidos e interessados em alienar as pessoas. Hoje os desenhos que citei acima não passam mais, apenas alguns deles foram deslocados para as horas mortas da madrugada. Fala sério... Não dá para aceitar que os desenhos da minha infância ficaram relegados ao mesmo horário onde os demais canais passam programas eróticos ou apenas estática... Mas o mais revoltante é ver os tipos de programas que colocaram nesses canais nos horários mais comuns, simplesmente acabando com suas propostas originais.

O Boomerang hoje é um verdadeiro antro de lixo adolescente. Só passam aquelas séries estúpidas e insuportáveis, mais indigestas do que tomar um copo de ranho salpicado de meleca. Entre as bostas que mais chamam atenção pela bizarrice, tem o tal Resgate Vôo 29, sobre um bando de moleques que caem em uma ilha, uma cópia de Lost, mas trocando o monstro de fumaça, os Outros e viagens no tempo por piadinhas aborrescentes, namorinhos superficiais e outras baboseiras. Outro lixo é o H20 Meninas Sereias, nunca vi, apenas os comerciais, mas parece ser uma merda. Putzgrila, acabando com a minha fantasia por sereias... E não podiam faltar as novelas adolescentes, com a incansável presença de Rebelde, que passa toda hora. Claro, tudo bem que acho a ruivinha Dulce Maria uma graça...


E não para por aí, esse canal ainda me faz o favor de destacar em sua programação shows daquele viadinho do Justin Bieber! Cara, Justin Bieber é a pior coisa que aconteceu ao cenário musical, só de olhar pra cara de boiolinha dele, me dá vontade de enchê-lo de porrada. Aguenta aí alguns minutos que vou lá no banheiro dar uma vomitada, pois só de falar o nome desse putinho o meu almoço já tá querendo sair pela boca...


Realmente o Boomerang sofreu uma mudança drástica, mas pelo menos podiam ter deixado apenas esse canal direcionado para esse público-alvo. Mas fizeram o mesmo com o Animax. Eu até confesso que o ex-canal de desenhos japoneses acabou se tornando mais tragável que o novo Boomerang, pois até passam algumas coisas decentes. Por exemplo, tem um programa de filmes clássicos, apesar de repetirem quase que mensalmente Krull, Godzilla e o Homem Bicentenário, e reprisam o That 70's Show, que é até divertido...

Mas a grande maioria dos programas também é de séries adolescentes cretinas... Alguns exemplos das merdas que apresentam são porcarias como The Best Years, American Dreams e Make It Or Break It. Nunca vi nenhum episódio (ainda bem!), mas são respectivamente aquelas seriezinhas escrotas, sobre a garota que leva a vida na flauta na faculdade, a garota dos anos 60 que só sabe escutar Beatles e as garotas ginastas que vivem mais dramas que uma novela da Globo, respectivamente. E não podemos nos esquecer de outras cretinices mais antigas que foram ressuscitadas pelo canal, como o nojento Barrados no Baile e As Patricinhas de Beverly Hills...

Além de tudo isso, o Animax também traz programas mais variados, mas igualmente horríveis. Como o escroto In The Qube, que fica falando das coisas mais sem noção que a garotada curte (ou como a própria vinheta do programa diz, "o que é 'in' está no In The Qube"). Mas nada pior que um dos piores programas musicais que eu já tive desprazer de ver. Estou falando do merdalhaço do Sesiones con Alejandro Franco...

Permita-me expressar a minha opinião sobre esse lixo... Quem diabos é Alejandro Franco? Um Zé ruela, um João ninguém de algum país latino que se acha o entendido de música. Tipo aqueles metidos, que acham que sabe mais que todo mundo, sabe? Bom, dá pra ver que ele realmente conhece boa música, é só ver as bandas que são convidadas para cantar lá: Aterciopelados, Mew, Gogol Bordello e The Ting Tings, verdadeiros "monstros" da música internacional...

Enfim, é triste como a televisão hoje em dia está cada vez pior... Não quero ser escroto a ponto de dizer que todos os programas atuais são ruins, mas é indiscutível que quando se trata de desenhos animados, as produções do passado são muito superiores. Mas graças a pessoas estúpidas, que acham saber o que é bom, esses desenhos clássicos vão sempre perder espaço para séries adolescentes e desenhos sem noção...

4 comentários:

DIO disse...

Olá!
Sendo vc um fã da série Patrulha Estelar/Yamato, venho fazer um convite e um pedido.


Já está agendada a sétima edição do “Dia do Fã”, que ocorrerá domingo, 27 de Março, como sempre na Estação Ciência, no bairro da Lapa, em São Paulo.


Neste ano iremos participar do evento, expondo itens/vídeos da série Yamato.


Estamos começando a selecionar o que iremos expor.
Inicialmente o grupo é formado apenas por mim, DIOberto Souza e pelo Raul Habesch.
Temos duas miniaturas relacionadas à Patrulha Estelar, e um notebook para mostrar vídeos. Estamos discutindo sobre imagens para elaborar cartaz, banner e pequenos pôsteres, e selecionando vídeos para exibir.

Todavia estamos pedindo a colaboração/participação de mais fãs, pois gostaríamos de ter mais itens da série para expor, tentar obter um projetor e/ou TV de grande dimensão e assim mais pessoas conseguirem visualizar os vídeos, e ter mais pessoas que conheçam a série para ajudar na conversação com o público.

Gostaríamos de saber se poderia participar/colaborar no evento, ou indicar participantes, ou auxiliar divulgando-o!


Contate-nos através de e-mail:
Raul Habesch - zwargh@gmail.com
DIOberto Souza - perryrhodan.souza@gmail.com
Ou através do tópico “Dia do Fã 2011” na comunidade da série no Orkut: “Patrulha Estelar”, ou também por nosso perfil no Orkut.

A série terá exibição de dois episódios (+ vídeos e trailer) no auditório da Estação Ciência, o que a deixa em destaque no evento.
Procurem na Internet (e divulguem) sobre o Dia do Fã 2011...

Texugo disse...

DIO, desculpe mas acabei só vendo o seu comentário aqui justamente hoje... Mas muito legal a iniciativa, embora eu more no Rio de Janeiro.
Me lembro da minha infância de assistir ao Patrulha Estelar, gostava bastante, e estou hoje correndo atrás dos episódios para matar a saudade. E certamente em breve terei aqui uma postagem sobre ele.

Vegeta Escritor disse...

Não sabia que a TV a cabo também estava essa zorra toda. Por questões financeiras, só tenho acesso a tv aberta; aliás, assisto pouca televisão devido à má-qualidade da programação e também porque estou estudando muito.
Mas, eu desconfiava que a tv a cabo também está uma bosta há muito tempo, por causa dos nomes dos programas que vi em alguns lugares.
Não sei porque esses novos executivos têm essas ideias idiotas; para mim, esses executivos só tem vivência dentro de um escritório com ar condicionado igual às minhas chefes que também tomam decisões ridículas e não sabem nada da vida.

Texugo disse...

O pior Vegeta, é que hoje a situação está ainda pior do que na época desse post...

Graças ao incentivo à "cultura" nacional, os canais agora são obrigados a passar um certo percentual d e programas e filmes brasileiros, e em horário nobre.

Dá um desânimo passar por canais de séries como Sony, Warner e Fox, e se deparar com realities shows estúpidos, Master Chef, Se Eu Fosse Você e Cidade de Deus toda hora!

Ainda bem que inventaram o Netflix...