sexta-feira, 10 de julho de 2009

Torcendo o pescoço

Nesta semana ocorreu a reunião do G8, o famoso "grupo dos 7 países mais ricos do mundo mais a Rússia" - o que aliás me faz pensar em que posição os russos devem estar. E no final do evento, uma cena inusitada...


Ao observar a cena, vemos Barack Obama, o Nº 1, parece dar aquela olhadinha indiscreta para a bunda da moça que passa. Uma ato extremamente comum entre nós machos, de torcer o pescoço para fitar o traseiro empinado de uma garota, embora este sincero texugo admita não praticar muito esse costume, não por não gostar das fêmeas, mas por admirar mais as curvas que se vê quando uma mulher vem do que aquelas visíveis quando ela vai... Sei que vou ser agora chamado chauvinista pelas mulheres, mas fazer o quê, dizem que todos os homens são iguais mesmo, independente de como você aja, não é verdade?

Claro que inúmeros jornais aproveitaram a foto constrangedora para sacanear o Obama, mas hoje saiu a explicação: na verdade o exterminador de moscas estava ajudando a senhora do fundo a descer os degraus, e durante a gravação do vídeo o quadro acima em particular dava a impressão de uma atitude extra-conjugal do presidente norte-americano. Neste link do G1 você pode ver o vídeo que comprova não só a inocência mas também a boa postura de escoteiro do Obama. Podem tentar de tudo, mas o Obama é difícil de sacanear mesmo!

Só hoje fui saber disso, mas pelas formas curvilíneas já dava pra imaginar que a moça era brasileira, convidada para um evento paralelo voltado para as potências emergentes. Uma vez mais, o responsável por todo o circo foi o nosso ilustre presidente Lula, pois no exato momento da foto a garota estava indo falar com ele. É foda, o barbudo parece uma nuvem negra, acontece de tudo ao redor dele. Como esperado, Lula não sabia de nada...

Agora o mais engraçado é o presidente da França, Nicolas Sarkozy. Esse não tem desculpa, não estava ajudando ninguém e estava lá no cantinho, com cara de malandro e direito a disfarçar o riso com a mão, o Napoleão moderno não foi nem um pouco sutil em olhar para a garota. Foi uma daquelas olhadas demoradas, de quase precisar limpar a baba do canto da boca. Pelo menos ele mostrou pro mundo que essa história de que francês gosta de dar marcha-a-ré no quibe é conversa. Bem... Na verdade não mudou muito a minha opinião quanto aos franceses...

Ah, e nada pessoal contra a brasileira, mas esse puto do Sarkozy na minha opinião não tem motivo nenhum pra ficar olhando prum rabo de saia quando tem uma beldade como a Carla Bruni em casa...

Nenhum comentário: