sábado, 4 de julho de 2009

A saga do bigodinho

Você certamente deve estar acompanhando todo esse escândalo envolvendo o famoso bigodinho José Sarney... Um absurdo como o presidente do Senado está mergulhado em um mar de pilantragens, a mais recente delas a respeito de uma mansão de 4 milhões de reais em Brasília que não foi declarada no imposto de renda dele. E o pior de tudo: dizem que esse episódio não consiste de sonegação fiscal, mas de um simples esquecimento!

Olha, para mim esquecimento é como quando você sai de casa e se esquece do guarda-chuva, ou quando você não se lembra daquela fórmula para resolver uma questão de prova. Agora, algo como uma mansão de milhões de reais é algo que não se esquece tão facilmente! Talvez o Sarney deve ter se esquecido dessa propriedade pois 4 milhões deve ser trocado para ele, como são 2 reais para esse pobre texugo. Afinal, os nossos senadores trabalham muito, e merecem salários exorbitantes...

Talvez eu esteja sendo muito severo com o pobre Sarney... Afinal de contas, ele já tem uma certa idade, e foi ficando gagá e não tem a mesma memória de alguns anos atrás. Talvez seja isso, explicaria o fato dele se esquecer que seu neto trabalha no Senado. Agora eu gostaria de saber o que aconteceria se eu, um mero texugo contribuinte, me esquecesse de declarar algum de meus bens. Não precisaria ser algo tão grandioso como a mansão milionária, mas já seria suficiente para eu ser preso e ter que pagar uma multa para a Receita. Afinal de contas, até onde eu sei sonegação fiscal é crime.

Mas sabemos muito bem que com o Sarney não vai acontecer nada mesmo, nem multa o bigodinho vai pagar, e ao que tudo indica ele vai continuar como presidente do Senado, como se nada tivesse acontecido. Como nosso ilustre presidente Lula disse, o Sarney "tem história no Brasil suficiente para que não seja tratado como se fosse uma pessoa comum". Mas será que isso significa que o Sarney também está acima da lei?

Na minha opinião, tá na hora de chamar o Capitão Nascimento pra botar ordem em Brasília...

Nenhum comentário: