quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Não é pela Amazônia

E lá vamos nós de novo... Outra das historinhas que estão inundando as redes sociais, tomadas pelas pessoas "de bem" que estão em pânico por conta dos incêndios na Amazônia. Uma multidão politicamente correta em prantos, diante de fotos tocantes de animais que morreram queimados, com seu discurso ecológico contrário ao maléfico agro-negócio, declamando palavras de ódio contra o Bolsonaro, o presidente que vai destruir o planeta Terra, começando pela floresta tropical brasileira. Milhares, talvez milhões de pessoas, engajadas na luta pelo meio ambiente, todas juntas, rezando pela Amazônia.


Será que é isso mesmo?

Eu digo de novo, sei que muitas pessoas vão em criticar, me acusando de ser um bolsominion e que defende a destruição da natureza, pior que um vilão do Capitão Planeta. Podem me xingar, não tenho medo: cara feia pra mim é fome. Eu venho aqui pra refletir um pouco sobre essa histeria repentina que explodiu nos últimos dias, justamente para questionar se essas pessoas estão mesmo tão preocupadas assim com a Amazônia.

Pois eu afirmo que eles estão pouco se fudendo pra isso. Da mesma forma como aqueles protestos de alunos, professores e dos politicamente corretos não era pela educação, essa gritaria toda não tem pôrra nenhuma a ver com o meio ambiente.


Logicamente, acho que eu não preciso dizer que eu não estou defendendo queimada de floresta. Se bem que acho que eu preciso dizer sim, pois eu conheço muito bem como que funciona a cabeça dos politicamente corretos, com sua ótica bipolar em que se consideram os detentores da verdade, e quem não concorda com eles é a escória da Humanidade. 

Não, meus amiguinhos... eu não sou favorável à destruição do meio ambiente. E aposto que tenho mais consciência ecológica que muito babaquara que fica postando "pray for Amazon" no "Feice".

Vamos ser práticos aqui: destruição da Amazônia não é coisa de hoje. 


Desde que eu me entendo como gente, eu escuto notícias que falam sobre como que a maior floresta tropical do mundo é vítima da ação do homem. Seja por queimadas, seja por derrubada de árvores, seja por caça e contrabando de animais exóticos, seja por garimpo ilegal, seja por poluição das águas. 

Mesmo assim, a sociedade "de bem" e a mídia "isenta" fala de uma forma como se os incêndios da Amazônia começaram a partir de 1º de janeiro de 2019, tudo culpa do Bolsonaro, tido como o maior criminoso ecológico do planeta.

Pois é... acho que desde o início dos tempos até o último dia de 2018 nem uma folhinha de árvore pegou fogo na Amazônia... Realmente é "incontestável" que o estado deplorável em que o "pulmão do mundo" se encontra aconteceu em apenas 600 dias, graças ao Bolsonaro...


A ideologia política, principalmente da esquerda, é extremamente nociva para os neurônios, e aí as pessoas bostejam coisas desse tipo.

Depredação da Amazônia existia também no governo do Temer. Existia no governo da Dilma. E no governo do Lula. Teve também no governo do FHC. No mandato do Itamar. Tinha também quando era o Collor. Tinha na época do Sarney. Devia ter até quando o Pedro Álvares Cabral pisou aqui pela primeira vez. 

Mas parece que a culpa é só do Bolsonaro... fala sério.

Não estou dizendo isso como justificativa, e muito menos pra defender o presidente. Pois eu sei que é isso que o petralhotários sempre dizem quando alguém aponta o dedo para o passado e lembra que na época da "mulher mais honesta do Brasil" e do "pai dos pobres" acontecia a mesma coisa que acontece hoje. 

Não é justificativa... mas gostaria muito de entender por que na época ninguém era tão preocupado com o meio ambiente...


Pessoal, vamos ser um pouco mais inteligentes aqui. Não se trata de política. A questão ambiental interessa à toda a sociedade, e deve ser resolvida de forma efetiva, com todos lutando por um bem comum, e não apenas quando isso é de interesse político-ideológico, como está acontecendo agora. Todas as notícias e todas as postagens em redes sociais sobre o assunto fazem a chamada com o tema dos incêndios na Amazônia, para logo depois atacar o Bolsonaro de alguma maneira.

Na boa, meus amiguinhos ecológicos, fãs do Capitão Planeta... Se vocês estão tão preocupados com o meio-ambiente, vocês devem protestar contra todos, e não apenas contra aqueles que vocês não gostam.

Por exemplo, vejam essa foto capturada pela NASA, tirada do espaço.


Não, não é a Amazônia. É na Sibéria, na Rússia. Está acontecendo agora, nesse exato momento, desde o mês de julgo. Segundo estimativa da agência espacial, são 2,6 milhões de hectares. Repito, 2,6 milhões de hectares. Equivalente a 3,6 milhões de campos de futebol, certamente muito mais do que está acontecendo na Amazônia.

Você vê alguém postando alguma coisa a respeito disso? Algum de seus amigos ecológicos escreveu textão do "Feice" sobre isso? Alguém aí compartilhando hashtag de "pray for Siberia"? Algum jornal dizendo que o Putin é um criminoso ambiental?


Pois é...

Sem falar que eu acho tudo isso uma grande hipocrisia. Como disse lá em cima, eu tenho certeza de que eu sou muito mais consciente do ponto de vista ecológico do que muito imbecil metidinho a besta que está agora chorando pela floresta amazônica. É muito fácil ostentar toda essa preocupação com o meio ambiente só nas redes sociais e nos grupinhos de Zap-Zap, mas respeitar a natureza de verdade é bem mais do que isso. E não basta só largar de mão os canudinhos ou levar bolsinha retornável ao mercado, cuidar do meio ambiente vai muito além. Tipo, não jogar lixo na rua. 


Conheço muita gente que está agora xingando o Bolsonaro de anti-ecológico, mas que não se dá ao trabalho de jogar lixo na lixeira...

Já disse e repito: algo que me faz detestar esse pessoalzinho de esquerda é a hipocrisia descarada que esses filhos da puta promovem. Adoram apontar o dedo mas não olham para a pôrra do próprio umbigo. O pior de tudo é que eles defendem suas opiniões hipócritas com unhas e dentes, chega a ser ridículo como que eles conseguem ser tão imorais e incoerentes com o discurso que promovem.

Tipo, estão aí tão preocupados com o meio ambiente e com a poluição... e ficam calados diante disso.


Ou será que queimar pneu não faz mal ao meio ambiente? Acho que sim, em nome do "Lula Livre" pode tudo.

E não é apenas a hipocrisia que vemos em uma situação dessas, em que os interesses políticos parecem cegar as pessoas, que se sentem na necessidade de atacar os seus adversários e inimigos ideológicos a qualquer custo. Chegam ao ponto de inventar histórias, propagando notícias falsas com o claro objetivo de tentar justificar a sua ira. Tem vários casos de pessoas, incluindo personalidades, que estão divulgando fotos de incêndios florestais que não têm nada a ver com o que está acontecendo de verdade. 

Algumas fotos, como uma que coloquei mais acima, podem até ser da Amazônia, mas na verdade foram tiradas há anos atrás, antes mesmo do Bolsonaro sequer pensar em ser presidente. Pior ainda são fotos que nem na floresta amazônica são! Nessa hora, vale tudo pra chocar e chamar atenção, como fez o malandro que compartilhou essa foto de uma macaca, supostamente em prantos ao segurar seu filhote morto, vítima das queimadas na Amazônia.


É falso...

A foto não foi tirada no Brasil nesse ano, mas sim na Índia, em 2017. O macaquinho não está morto, estava apenas desacordado, e pouco depois do clique ele despertou. Logicamente, não era uma vítima de incêndio. Nem a raça do macaco está certa, pois essa espécie não é encontrada no Brasil.

Mentira tem perna curta, meus caros... Ainda mais hoje em dia, com a Internet, que permite que chequemos as coisas muito facilmente, desmascarando essas tentativas oportunistas para comover as pessoas.

Não estou com muito mais saco pra ficar escrevendo, e por isso vou encerrando por aqui. Mas vale repetir mais uma vez que eu não estou defendendo destruição da natureza, e tampouco estou negando que estejam ocorrendo queimadas na Amazônia. Mas eu acho que é muito errado as pessoas usarem isso com interesse político. Agem como se fosse um problema que só começou a acontecer agora, quando na verdade ocorre há muitos anos, mas nunca gerou tanta repercussão como hoje. Digo até que esse tipo de postura hipócrita e parcial é completamente nociva ao combate em defesa do meio ambiente, pois mostra que essa luta só interessa para a grande parcela da sociedade quando é para contestar o governante de quem ela não gosta. 

Pode apostar que se as pessoas realmente estivessem preocupadas com o meio ambiente e estivessem tão engajadas há alguns anos atrás durante governos anteriores (independente de que partido fossem), possivelmente teríamos hoje uma condição muito mais favorável, com menos desmatamento, menos queimadas e menos destruição da natureza.

Mas enquanto for essa babaquice de só rezar pela Amazônia quando mais convém politicamente, de só clamar pela defesa do meio ambiente quando não gostar do presidente... aí não funciona, e a floresta amazônica estará mesmo fadada a desaparecer.

Nenhum comentário: